Olá Olivier e demais amigos,

Creio que muitos ainda não se deram conta da importância desse momento e o
que a TDF significa, em sua essência. Para mim, é o fruto de um desejo
ardente por liberdade. É não abrir mão dela sob nenhuma hipótese, mesmo que
o rompimento seja necessário. É uma questão de ideologias e princípios.

Sinto-me muitíssimo feliz em poder contribuir com algo tão espetacular, como
é o BrOffice. Mas muito além do produto, sinto-me honrado em estar
conhecendo as pessoas envolvidas e comprometidas com o projeto e criando
vínculos de amizade, companheirismo, ainda que muitos eu só tenha conhecido
através das redes sociais. São as pessoas que fazem a diferença, e quero
dizer que a receptividade, o carinho e o respeito que encontrei na
comunidade BrOffice.org são coisas que não tem preço.

Parabéns a todos e vida longa ao BrOffice!

Rui Ogawa

Atenção! Caso haja documentos de escritório anexados neste e-mail, eles
poderão estar no formato ODF, um padrão aberto, gratuito e homologado pela
ISO e ABNT. Para abrir e editá-los, basta baixar e instalar o BrOffice.org
em http://broffice.org/download.

Cansado de vírus, pragas virtuais, travamentos e falta de desempenho?
Conheça o novo Ubuntu 10.10! http://www.ubuntu-br.org/


Em 20 de janeiro de 2011 10:45, Olivier Hallot <ohal...@openoffice.org>escreveu:

> Prezados,
>
> Após anos de dedicação ao projeto OpenOffice.org, e muito trabalho na
> tradução e testes e suporte nesta lista desde a versão 1.0, chegou a hora de
> comunicar que dedico agora meu tempo para o projeto LibreOffice/BrOffice,
> sob os auspícios da The Document Foundation e desta forma deixo de
> participar do projeto OpenOffice.org por esta lista.
>
> O OpenOffice.org foi um projeto de grande envergadura, o qual considero ser
> até mais popular que o próprio GNU/Linux. Mesmo não tendo tanta publicidade
> e divulgação na grande mídia, há mais OpenOffice.org/BrOffice instalados do
> que desktops Linux. A conta é simples de fazer e parte do fato que ele é
> multiplataforma.
>
> No Brasil somos a comunidade mais efetiva e que melhor respondeu as
> necessidades de nossos usuários. Tivemos o apoio de inúmeras entidades,
> sejam pessoas ou organizações, que nos deram força em meios para que
> continuássemos nosso trabalho. Nossa comunidade abraçou nosso esforço e nos
> respondeu com entusiasmo criando oportunidades para muitas pessoas.
>
> Mas isso só nos dá a tremenda responsabilidade de continuarmos mantendo
> este projeto no topo dos projetos de software livre mais populares no Brasil
> e no mundo. A criação da The Document Foundation foi um passo crucial para
> soltar as amarras que nos seguravam e impediam a real criatividade da
> comunidade e dos desenvolvedores.
>
> Assim, digo com com muito orgulho e sensação imensa do enorme desafio
> adiante:
>
> Até mais ver BrOffice.org
>
> Olá BrOffice!
>
> Olivier Hallot
> Founder, Steering Commitee Member - The Document Foundation
> Voicing the enterprise
> Translation Leader for Brazilian Portuguese
>
>
> ---------------------------------------------------------------------
> To unsubscribe, e-mail: dev-unsubscr...@br-pt.openoffice.org
> For additional commands, e-mail: dev-h...@br-pt.openoffice.org
>
>

Responder a