Geralmente esses caras não trabalham em empresas, são 'autonomos' (nem
isso) sem nenhuma ligação com a empresa, nem com nenhum órgão...


é mais se houver um conselho com força (vide os CREF educação física), eles matam qualquer autônomo. É só fiscalizar quem ta prestandop serviços no mercado.


Eu acho que o problema é a falta de visão das empresas que contratam
esses caras... eles têm aquela filosofia de quem "funcionou? então tá
bom!" e aí acabam comprando o serviço de quem faz "funcionar" cobrando
menos...

Bem isso é um grande problema. Mas acredito que a fiscalização no contratante possa minimizar isso.




Jean

_______________________________________________
Freebsd mailing list
Freebsd@fug.com.br
http://mail.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd_fug.com.br

Responder a