On Fri, 26 Aug 2005, Fabricio Lima wrote:

num trunk,  o switch fará o mapeamento mac address, porta...
como se dará isto?

afinal 2 placas tem 2 mac address...
alias, ja suponho q ele crie 1 mac address para as 2 placas.. afinal, nos 
drivers novos, permite alterar o mac address.

creio q seja assim

Fabricio,

Para o funcionamento (correto) do trunk, voce precisa de um switch gerenciavel tambem capaz de fazer o trunk (no caso de conexao a um switch, para conexao micro a micro nada eh preciso).

Os switchs normalmente fazem trunk de 2 e 4 portas (possibilitando velocidades de ate 400Mb/s). Nao sei muita coisa sobre trunk em switchs GigE ($$$).

A interface trunk se comporta como uma unica placa e so um MAC address eh utilizado.

A forma como isso eh feito varia de implementacao para implementacao. No OpenBSD o MAC address da primeira placa adicionada no trunk eh utilizado como endereco da interface trunk (interface MASTER).

Os pacotes das outras placas tem o header ethernet reescrito e os pacotes sao enviados com o MAC da placa master (may be, may be not *).

Assim o trabalho do switch fica facil, eh apenas um endereco, utilizando duas ou quatro portas fisicas (normalmente operando em round-robin).

A alteracao de MAC address sempre foi possivel em niveis mais baixos de programacao e a verdadeira limitacao nao esta na transmissao (que eh controlada completamente pelo SO) e sim na recepcao.

Voce tem que programar o transceiver da sua placa sobre quais os enderecos que ela recebe (enderecos ethernet). Esse filtro normalmente tem um limite de enderecos que podem ser programados e eh aqui que muitos hardwares (antigos) falham.

Do resto eh apenas uma abstracao da interface fisica no SO.

* esse procedimento nao eh realmente necessario e pode ser que ele nao seja feito, como acontece na implementacao do CARP no OpenBSD.
_______________________________________________
Freebsd mailing list
Freebsd@fug.com.br
http://mail.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd_fug.com.br

Responder a