Pablo,

Esse é o ponto. Você está coberto de razão. Se não houver uma politica de uso dos recursos da empresa, que contenha esse tipo de coisa e que venha punir os que não fazem o uso dos recuros de maneira adequada, fica muito dificil de trabalhar. Gastamos horas e horas buscando maneiras de bloquear e sempre aparece alguem com alguma "solução" para burlar. Isso me lembra uma discussão que tive com meu chefe outro dia. A secretaria do chefe ligou reclamando te havia uma pessoa que utilizava o MSN, quando este é proibido para o resto da empresa. Bom, ele veio me questionar como o cara estava usando, que a solução que eu estava utilizando nao estava funcionando, etc e tal. Falei para ele que a soluçào funcionava, so que o cara conseguia bular com o hopster e que este eu não havai conseguido bloquear ainda. Ele disse que eu tinha que dar uma solução, eu disse que a slução seria ele conversar com o gerente do cara e falar que ele estava fora da norma. Ai ele me disse que isto ele não iria fazer pois o cara era protegido do gerentão. :) Minha resposta: deixou de ser um problema técnico para ser um problema gerencial. Como não sou gerente, e ele sim, o problema estava com ele.... Se houvesse uma norma clara e que valesse para todos, o problema estgava resolvido. Como ainda não existe....


[]'s
Evandro CFS



Pablo Sánchez wrote:
Ele é um proxy remoto. E por isso tem uma rede de proxies que podem ser testados, configurados no próprio hopster. É só bloquear essa lista.

Mas aí, vc vai entrar em um problemão.. hj em dia, tem um monte de softwares para isso (your freedom, hopster, e por aí vai). Caçar eles é uma luta incessante, cansativa e aparentemente inútil, porque sempre tem um usuário mais iluminado que sabe o que procurar, onde procurar e sempre vai arrumar um jeitinho de furar sua segurança...

Não bastanto esses softwares, vc ainda vai ter os clones via Web. É um verdadeiro caos! :-(

É bloqueio no firewall, bloqueio no proxy, e uma busca incessante por conhecer as alternativas antes dos usuários...

O melhor talvez seja uma política de controle, permitindo até o uso do MSN, mas não do oficial, e sim de um clone com menos recursos, que só aceite texto, sem envio de arquivos ou algo do gênero, evitando mais um ponto de entrada de vírus, e que o perfil do usuário não permita instalação de software algum.

Além disso, poderia ter um controle por IP mostrando a banda consumida na porta 1863, que ajudasse a controlar mais ou menos o tempo gasto por cada um, frequencia de uso, conscientização da importância desse controle... é tanta opção que dá náuseas, como alguém disse há pouco.

Ou você poderia radicalizar e criar regras com horário (das 12:00 às 14:00 pode, depois só das 18:00 às 8:00), e por aí vai... Isso satisfaria os seus usuários que evitariam ficar tentando burlar as regras definidas.

Novamente a importância de uma política reconhecida e aceita pela administração da empresa...

Ah, muito pano para manga, hehehe. Vou almoçar. t++

On 8/31/05, Kleyson Rios <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

Alguem conhece o Hopster (www.hopster.com <http://www.hopster.com>), tunel http ??

Instala numa maquina cliente e tenta conectar o msn ...

Nao consegui forma de bloquear quando se esta usando via hopster !!!


__________________________
Kleyson Rios
Analista de Suporte
62 201-6582

Diretoria de Informática
Agência de Administração
Governo de Goiás

"Como faço uma escultura ? Simplesmente retiro do bloco de mármore tudo que
nao é necessário."

Michelangelo

-----Mensagem original-----
De: [EMAIL PROTECTED] [mailto:[EMAIL PROTECTED]
nome de Christopher Giese - iRapida Telecom
Enviada em: quarta-feira, 31 de agosto de 2005 10:22
Para: Lista de discussao do grupo FUG-BR
Assunto: Re: [FUG-BR] MSN


O loco pablo

vc esta em todas hein :)

Imagine que (no meu teste por exemplo)

o firewall serve apenas para firewall e roteamento

nao tem proxy :)

estou falando de uma solucao via FIREWALL



_______________________________________________
Freebsd mailing list
Freebsd@fug.com.br
http://mail.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd_fug.com.br

Responder a