On 4/3/06, Vini Engel <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> >>Legal isto... porem, como fica o negocio do IRQ SHARING com estas placas?
> >>
> >>Edinilson
> >
> > Elas são desenhadas (e os drivers tambem) para suportar IRQ Sharing;
> > fora isso os drivers trabalham com "pooling": o IRQ identifica a placa e
> > o "pooling" a porta.
> >
> > No geral: já tive problemas com multiplas "realtrecos" e, na maioria das
> > vezes acabou funcionando usando "pooling" (é claro que depois de muita
> > troca de slot), mas mesmo funcionando (sem os famosos "device timeout")
> > a performace ficou deprimente...
> >
> > mais uma dica: com MBs Intel, use placas Intel...
>
> Pessoal,
>
> Depois de muti tempo que que discutimos isso, eu estava mexendo numa das
> minhas redes e lembre que tudo que eu falei e nós falamos aqui poderia
> ter sido facilmente e eficientemente substituido por outra solução
> talvez mais barata. Com certeza mais flexivel e confiavel do que usar um
> monte de placas de rede no mesmo computador.
>
> Bom a conta é simples, uma placa mão boa comum teoriacamente vai
> funcionar talvez até com umas cinco placas de rede, claro que se
> existirem slots pra isso. Bom se usar-mos placas de quatro portas que
> por sinal funcionam bem (eu tenho umas) acho que talvez conseguiremos 12
> ou até mais portas ... mas será que isso não começa a ficar meio demais
> não?

Estas placas de rede múltiplas não são fáceis de conseguir, e nem
baratas. Tenho um amigo que tem procurado muito pelas placas
quádruplas da D-Link, e as quádruplas Gigabit da Intel só se consegue
por encomenda, segundo um dos fornecedores que consultei, e pode
demorar 1 mês para chegar.

>
> Bom, pra mim essa é a solução perfeita.
>
> 1 - Compre duas placas de rede boas, ou mesmo se forem dessas Realtek ou
> Via tem que por ai. Desde que você saiba que uma placa boa vai ser mais
> confiavel e teoricamente mais eficiente.

Eu já tive alguns problemas com o chipset Via.

>
> 2 - Pense que você gostaria que seu gateway tivesse 25 portas, mas claro
> que você não tem como colocar 25 placas lá dentro e pior suas placas são
> realtek e nem 4 juntas funcionam direito. Bom então vamos fica só com 2
> mesmo né! Uma pra ligar no seu back-bone e a outra pra ligar nas outraS
> redeS.

Eu consegui fazer 6 Intel funcionarem direito em uma placa máquina,
mas tive problemas com um número menor de Realtec.

>
> 3 - Compre um switch, claro que quanto melhor o switch melhor sua rede
> vai ficar mas se você tiver um orçamento limitado. Bem, compre um switch
> desses da Planet ou DLink que eu acho que vão custar por volta de 600
> reais? O switch tem que suportar VLAN, só isso - se o swtich suporta
> VLAN você poderá criar umas centendas delas dentro dele.

Alguns suportam poucas VLANs, mas pode ser o suficiente.

>
> 4 - Use o driver VLAN do seu FreeBSD pra cirar quantas interfaces
> virtuais você quiser. Você cria elas, da um ID e liga elas na interface
> fisica que vai ser ligada no switch. Depois disso elas são como qualquer
> outra interface no seu FreeBSD.
>
> 5 - No seu switch você define as VLAN de acordo com suas redes, e na
> porta que seu FreeBSD (gateway) está ligado você usa "tag" como a porta
> está tagged você poderá ligar essa porta a varias VLANs diferentes e na
> porta onde você liga a outra rede você não tem que usar tags pois a
> porta fisica só irá falar com uma vlan.
>
> Pronto, se seu swtich tiver 24 portas você TEM literalmente 23 portas
> pra ligar 23 redes diferentes como se fossem placas rede diferentes. E
> se você pensou ahhh mas ai se eu perder essa placa de rede vou perder
> tudo, humm ai você pode fazer trunk com fail-over e usar um switch com
> pelomenos uma porta giga bit.

A Idéia é boa, mas gera um grande afunilamento de tráfego.

A Gigabit compensaria o afunilamento de tráfego, mas mesmo assim
é um funil.

>
> Acho que essa é a solução mais simples que tem pra fazer que muitos
> querem fazer, você pode usar uma mini mother board e fazer um router
> gigante.

Eu estava pensando um pouco diferente da sua idéia, mas não muito.

Eu tenho um problema com zonas de quarentena remotas, então eu
estava pensando em várias placas de rede locais para resolver os
problemas locais, o que não afunilaria tanto o acesso aos servidores que
ficam nas zonas de quarentena próprias, e usar VLAN para as zonas de
quarentena remotas, mas eu não tinha pensado em usar as VLANs para
as zonas de qurentena locais.

Talvez a solução mista seja a melhor. Algumas placas de rede locais, mas
não um batalhão delas, e mais algumas VLANs para resolver parte das
zonas de quarentena locais e resolver as romotas.


>
> Espero que ajude!

Ajudou em muito. Ajudou a amadurecer uma idéia que eu tinha na minha
cabeça.

Pena que não tenho certeza se vou poder implementar isto no meu
trabalho (ou ex-trabalho, não tenho certeza ainda). Estou tendo problemas
com fofocas e limitação no trabalho. Mas isto é off-toppic. Adoraria estar
em um lugar que pudesse exercer livremente toda a criatividade que eu
tenho, criatividade esta que o pessoal desta lista ajuda a evoluir, tal como
neste e-mail do Vini.


Abraços,
    João Rocha.

PS: Desculpe-me pelo desabafo do último parágrado.

>
> Até mais
> Vini
> _______________________________________________
> freebsd mailing list
> freebsd@fug.com.br
> http://lists.fug.com.br/listinfo.cgi/freebsd-fug.com.br
>


--
"Sempre se apanha mais com as menores besteiras. Experiência própria."

[EMAIL PROTECTED]
[EMAIL PROTECTED]
http://www.goffredo.eti.br
_______________________________________________
freebsd mailing list
freebsd@fug.com.br
http://lists.fug.com.br/listinfo.cgi/freebsd-fug.com.br

Responder a