Boa Daniel.

A idéia é a seguinte:

O firewall faz o balanceamento de carga entre 2 servers Web e entre
mais 2 servers de Mail (são dois grupos distintos), mas para que estes
tenham acesso aos mesmos dados, eles precisam acessar um "storage" na
rede, que centralizaria os dados. Até ai tudo bem.

Contudo, para que o storage não seja um ponto simples de falha, seria
interessante utilizar nele também um sistema de máquina de backup com
CARP, sendo que teríamos duas máquinas rodando, quem sabe, NFS, e
servindo via um IP virtual.
Para o sincronismo dos dados entre o master e slave do NFS seria ideal
utilizar mirror via ggatec/ggated, como você sugeriu:

No slave o HD exportado não pode ser montado enquanto ele for slave,
mas sim, ele teria de ser montado para servir os dados para a rede
quando ele se tornasse master. Isso, eu acredito, possa ser feito com
ifstated na iface do carp. (os mounts e umounts todos, além das
configs do geom para não exportar mais o HD e sim tentar importar o
disco do ex-master, quando ele se tornasse um slave...). O HD que era
exportado pelo slave agora vira a cópia quente dos dados,
compartilhado na rede com NFS, e dele é feito um mirror remoto, sobre
o ex-master, quando ficar ativo.

Aqui eu acho que entra um problema:
Quando o ex-master se tornar slave, o seu disco de dados, que era o
"quente" da rede vai ser sobrescrito com os dados do ex-slave, agora
master. Será que isso não pode ser perigoso?
E se o atual master, quando era slave, não teve seus dados totalmente
atualizados? O trabalho dos usuários (mails, homedir) seria perdido,
Meu medo é este, que o mirror pela rede não esteja completo no momento
de uma falha.

Tem como verificar se um mirror via rede foi bem sucedido? Ou algo
melhor do que RAID1 via rede, algum outro tipo de RAID, mais
indicado...?

Enfim, que somente se ativasse a cópia RAID1 feito via geom se ela
fosse uma cópia completa e atualizada dos dados. Tem como garantir
isso?


Att,
RS


On 11/13/06, Daniel Bristot de Oliveira <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> Olá Rogério!
>
> Bom o CARP faz  a parte dele...
>
> Tem como sincronizar discos utilizando duas classes do GEOM
>
> A classe Gate, que exportará um disco do escravo para o mestre.
> Ai o mestre importa e cria um mirror entre os dois discos,
> Quando o mirror for criado, eles irão ser sincronizados, e todo o
> conteúdo passará pela rede, como o rsync, a vatagem é que a
> sincronização é on-fly, e as alterações são feitas somente com
> arquivos alterados, ai o custo de rede se torna menor durante a
> execução.
> Configure o mirror para executar operações de leituar do disco local.
>
> Bom isto funciona para sincronizar discos, porém o disco exportado não
> pode estar montado no escravo, o que impediria de sincronizar os dados
> do /usr/local pro exemplo.
>
> Bom, a thread que você cita é legal da bastante noção.
>
> Estou disposto a ajudar, e me interesei sobre o assunto, mas se eu
> tivesse melhor informação sobre o ambiênte. ajudaria :-)
>
> Grande Abraço!
> --
> Daniel Bristot de Oliveira
>
> R João Paez 409 Ap 202
> Sta Augusta - Criciúma - SC
> CEP 88805440 Brazil
> +55-48-91032512
> -------------------------
> Histórico: http://www.fug.com.br/historico/html/freebsd/
> Sair da lista: https://www.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd
>


-- 
Rogério Schneider
+55 (55) 9985 2127
+55 (55) 3332 5923
+55 (55) 3321 1535

MSN: [EMAIL PROTECTED]
ICQ: 78778973
GTalk: [EMAIL PROTECTED]
Skype: stockrt
-------------------------
Histórico: http://www.fug.com.br/historico/html/freebsd/
Sair da lista: https://www.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd

Responder a