>> No meu caso, mudar estas configurações no servidor mysql não resolveu. O
>> servidor mudou sim de charset usado nas conexões, mas o módulo do php não.
>> E o módulo do php depende da biblioteca do mysql, que por sua vez tem em
>> seu código pre-definido quando compilado qual o charset padrão. Eu não sei
>> como mudar o padrão da biblioteca sem recompilar, se você souber me
>> desculpe mas é que não encontrei outro meio mesmo.

R = Como eu disse não entendo de PHP, mais creio que não é necessário
recompilar nada, como sugere eu recompilar um C/C++?

Basta alterar essas configurações no banco.

ALTER DATABASE name_database DEFAULT CHARACTER SET latin1 COLLATE
latin1_swedish_ci;

Att, Eder.


On 2/25/07, Rafael Fernandes <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> Oi de novo! :D
>
> Quando um cliente de mysql conecta ao banco, via o cliente padrão mysql ou
> biblioteca, existe a negociação de um charset para a interpretação do
> texto enviado entre ambos, independente dos dados do banco ou do texto da
> linguagem (em c++ ou no caso o php). Quer dizer, temos 1 "camada" de
> conversão de charsets internamente no servidor mysql quando ele lê/escreve
> nas tabelas, 1 "camada" de conversão de charsets quando os dados trafegam
> entre o servidor e o cliente/biblioteca mysql (esta camada tanto não segue
> locale, apenas uma negociação entre o servidor e o cliente/biblioteca,
> quanto é a causa do problema inicial), e + 1 "camada" quando o texto é
> trabalhado no programa do usuário.
> Por exemplo, uma string no php usaria a codificação iso por padrão. Mas,
> se você usa um módulo de php que conecta ao servidor em utf-8, você deve
> codificar esta string em uft-8 antes de enviar por um mysql_query. Como a
> diferença mesmo entre as 2 codificações são os acentos e outros caracteres
> acima de 127 (o que não afeta a sintaxe do mysql, e claro não estou
> falando de codificações com 2 bytes ou mais como a unicode), ocorre o
> problema que foi colocado, a "não aceitação" de acentos, com o mysql
> recebendo os códigos de caractere em codificação diferente da informada
> pela conexão do cliente (no caso, o próprio módulo do php).
>
> Ficar tomando cuidado com quando usar as funções utf8_encode e utf8_decode
> no PHP levaria às "aleatoriedades" que mencionei, principalmente quando
> você migra código e dados desenvolvidos com a espectativa de que estas
> funções não seriam necessárias. Usar o setlocale no php também não
> resolveria porque isto modificaria apenas o processamento interno do php
> em relação às strings (no caso do seu exemplo, mudaria a "colagem": qual
> caractere com acentuação é ligado com qual caractere "puro". O "case
> insensitive" é um tipo de colagem: cola minúsculas com maiúsculas, não
> diferenciando elas), horário, moeda e outras coisas, e não quando ele
> envia texto pelo módulo. Eu mesmo tive que arrumar muitas páginas php com
> as funções utf8 enquanto tentava descobrir esse detalhe da codificação da
> conexão.
>
> No meu caso, mudar estas configurações no servidor mysql não resolveu. O
> servidor mudou sim de charset usado nas conexões, mas o módulo do php não.
> E o módulo do php depende da biblioteca do mysql, que por sua vez tem em
> seu código pre-definido quando compilado qual o charset padrão. Eu não sei
> como mudar o padrão da biblioteca sem recompilar, se você souber me
> desculpe mas é que não encontrei outro meio mesmo.
>
> O que tinha sugerido para solução é justamente isto: recompilando o
> mysql-server, seria recompilada também a biblioteca, usando o mesmo
> charset para conexões por padrão, se o módulo do php dele fosse linkado
> dinamicamente isto já resolveria também o problema dentro do php (se o
> módulo for linkado estaticamente com a biblioteca mysql, seria necessário
> recompilá-lo também!), então ele não seria obrigado a usar as funções utf8
> sempre que quisesse fazer uma query ao banco. Se ele não tiver um
> computador que seja antigo a ponto de isto ser proibitivo, é mais simples
> fazer o que sugeri ao invéz de tudo o que envolveria se fosse resolver de
> outro modo. Claro que eu estava me baseando no meu caso, num site onde
> existem vários sub-sites, cada um feito por um tipo de pessoa, com nível
> de conhecimento também variável, pior seria se eu me preocupasse em
> ajustar isto pelo php. E acreditei que isto também serviria para ele, até
> porque seria uma chamada de função a menos para cada query.
>
> O que eu tinha entendido, pela sua primeira mensagem, era que você
> esperava que o problema fosse solucionado com a mudança do charset da
> tabela, o que ele já havia tentado. Por isto, pensei que você não
> estivesse muito a par de outras causas para o problema inicial, assim como
> a pessoa que o colocou em questão. Não foi minha intenção caçoar de você,
> apenas esclarecer o porquê da minha sugestão. ;)
>
> Até,
>
> Rafael.
>
>
> > Oi,
> >
> >>> O problema, Eder, é que pode haver uma diferença de charset usado na
> >>> conexão entre o cliente e o servidor mysql.
> >
> > R = Obviamente que pode haver, por isso existem os locales. Tanto no
> > banco quanto na linguagem, não entendo muito de PHP, mais em C, C++
> > basta passar o locale.
> >
> >>> E o problema continua mesmo depois de mudado o charset
> >>> de uma tabela que era utf-8 para latin1. Como disse, não é um problema
> >>> no
> >>> chaset usado pelo servidor, mas sim pela conexão entre o servidor e um
> >>> cliente mysql, pois nessa ele tenta fazer uma conversão de charsets.
> >>> Leia
> >>> sobre isto aqui:
> >
> > R = Concordo, então no PHP set o locale,
> >
> > setlocale(LC_COLLATE,  "pt_BR.ISO8859-1");
> >
> >>> A única coisa que fez os resultados de queries serem consistentes foi
> >>> certificando que ambos os binários (cliente e servidor) usavam o mesmo
> >>> charset padrão para conexões. E infelizmente isto fica compilado com os
> >>> binários, não fica em um arquivo de configuração. Senão não
> >>> precisaríamos
> >>> de ajustar esta opção ao compilar o mysql, certo?
> >
> > R = Errado, não é necessário recompilar o MySQL para configurar isso, se
> > ele por
> > padrão já é compilado com suporte aos characters.
> >
> > mysql> SHOW VARIABLES LIKE 'coll%';
> > mysql> SHOW VARIABLES LIKE 'character%';
> >
> > No arquivo de configuração do mysql no /etc/my.cnf basta setar o locale.
> >
> > [mysqld]
> > character_sets_dir=/usr/local/share/mysql/charsets/
> > default-character-set=utf8
> > default-collation=utf8_general_ci
> >
> > [client]
> > default-character-set=utf8
> >
> >>> Então, me desculpe, mas listar os charsets disponíveis para as tabelas
> >>> não
> >>> resolveria o problema do nosso amigo da lista.
> >
> > R = Realmente digitar o comando não resolveria em nada.
> >
> > Att Eder,
> >
> >
> > On 2/24/07, Rafael Fernandes <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> >> O problema, Eder, é que pode haver uma diferença de charset usado na
> >> conexão entre o cliente e o servidor mysql.
> >>
> >> Normalmente, no módulo php, isto acarreta em aleatoriamente você receber
> >> os dados em latin1 e utf-8, mesmo quando uma tabela está com a opção de
> >> charset em latin1. E o problema continua mesmo depois de mudado o
> >> charset
> >> de uma tabela que era utf-8 para latin1. Como disse, não é um problema
> >> no
> >> chaset usado pelo servidor, mas sim pela conexão entre o servidor e um
> >> cliente mysql, pois nessa ele tenta fazer uma conversão de charsets.
> >> Leia
> >> sobre isto aqui:
> >> http://dev.mysql.com/doc/refman/5.0/en/charset-connection.html
> >>
> >> Este problema aconteceu comigo quando migrei um banco de dados de um
> >> servidor para outro. Como o charset da tabela não foi alterado, não era
> >> para ocorrer este tipo de problema. E a única diferença entre um
> >> servidor
> >> e outro era que o charset padrão usado nas conexões era diferente
> >> (latin1
> >> no antigo, utf-8 no novo).
> >>
> >> A única coisa que fez os resultados de queries serem consistentes foi
> >> certificando que ambos os binários (cliente e servidor) usavam o mesmo
> >> charset padrão para conexões. E infelizmente isto fica compilado com os
> >> binários, não fica em um arquivo de configuração. Senão não
> >> precisaríamos
> >> de ajustar esta opção ao compilar o mysql, certo?
> >>
> >> Então, me desculpe, mas listar os charsets disponíveis para as tabelas
> >> não
> >> resolveria o problema do nosso amigo da lista.
> >>
> >> Até,
> >>
> >> Rafael.
> >>
> >> On Sat, 24 Feb 2007 15:20:04 -0200, Eder <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> >>
> >> > Olá,
> >> >
> >> > Basta alterar o character sets.
> >> >
> >> > mysql>  SHOW CHARACTER SET;
> >> >
> >> > http://dev.mysql.com/doc/refman/5.0/en/charset-mysql.html
> >> >
> >> > Att, eder.
> >> >
> >> > On 2/23/07, Rafael Fernandes <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> >> >> É amigo eu passei por isto e normalmente o mysql fica com o charset
> >> >> compilado tanto no servidor quanto no cliente (ou bibliotecas usadas
> >> por
> >> >> outros programas, no caso o php).
> >> >> O que solucionou meu problema 100% foi recompilar o mysql-server (se
> >> não
> >> >> me engano, isto já recompila a biblioteca mysql-server, mas confira).
> >> >> Recompile também o módulo mysql do php se ele foi linkado
> >> estaticamente
> >> >> com a biblioteca mysql.
> >> >>
> >> >> Lembre-se sempre que usamos latin1/iso-8859-1 (são a mesma coisa) e
> >> irá
> >> >> evitar muita dor de cabeça.
> >> >>
> >> >> Até,
> >> >>
> >> >> Rafael.
> >> >>
> >> >> On Fri, 23 Feb 2007 11:56:32 -0200, Rafael Stockler
> >> >> <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> >> >>
> >> >> > Bom dia a todos,
> >> >> >
> >> >> > Estou com o seguinte problema.
> >> >> >
> >> >> > Tenho aqui instalado o Apache 2, php 5 e mysql 5.
> >> >> >
> >> >> > O problema que estou enfrentando é o fato de o mysql não estar
> >> >> > cadastrando palavras com acentos. Verifiquei se o php estava
> >> mostrando
> >> >> > certo e pelo q vi sim.
> >> >> >
> >> >> > O charset no mysql eh o utf8-general. Jah tentei colocar o latin 1
> >> e
> >> >> > outras e nada.
> >> >> >
> >> >> > Alguem já passou por isso ou saberia o q pode ser isso?
> >> >> >
> >> >> > Vlw.
> >> >> > -------------------------
> >> >> > Histórico: http://www.fug.com.br/historico/html/freebsd/
> >> >> > Sair da lista: https://www.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd
> >> >>
> >> >>
> >> >> -------------------------
> >> >> Histórico: http://www.fug.com.br/historico/html/freebsd/
> >> >> Sair da lista: https://www.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd
> >> >>
> >> >
> >> >
> >>
> >>
> >> -------------------------
> >> Histórico: http://www.fug.com.br/historico/html/freebsd/
> >> Sair da lista: https://www.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd
> >>
> >
> >
>
>
> -------------------------
> Histórico: http://www.fug.com.br/historico/html/freebsd/
> Sair da lista: https://www.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd
>


-- 
"Do not worry about your difficulties in mathematics;
I can assure you that mine are still greater."
Albert Einstein
-------------------------
Histórico: http://www.fug.com.br/historico/html/freebsd/
Sair da lista: https://www.fug.com.br/mailman/listinfo/freebsd

Responder a