Tambem fiquei muito interessado, se vcs acharem alguma coisa (livro, artigo, algo na net), por favor me indiquem, mesmo que esteja em ingles. Eu nao entendo nada de teoria de jogos, procurei alguma coisa na biblioteca aqui da Ufg, mas não achei nada desse tipo.
 
Alias isso é jogo do tipo Nash ou tipo Conway? Qual a diferença?
Acho que isso não é off-topic.
 
Me desculpem, mas isso sim é off-topic: alguem ai sabe o email do Humberto Silva Naves? Precisava falar com ele.

Alexandre Daibert <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
Olá Jorge,

Olha, não está explícito se C "DISSE" q valia muito mais. Vou considerar
que disse.
Se B quer uma compensação para não fazer lances, ele não tem tanto
interesse no quadro. Provalvelmente ele quer tirar vantagem da situação
e ganhar algum dinheiro em cima.
Devemos considerar o seguinte. Se C se dispõe prontamente a pagar uma
quantia muito alta, B saberá q ele pode pagar ainda mais e pedirá mais.
C (ao menos se deve mostrar disposto a) pagar uma quantia baixa. Outro
fato a considerar é que mesmo que B ganhe 1 dólar, a princípio seria
vantajoso para ele, pois ele não tirou nenhum dólar do bolso e obteve
lucro sem riscos. Agora veja que B para recuperar um x em dinheiro deve
comprar o quadro por um preço e posteriormente vendê-lo por um preço x
maior do que comprou. Repare que ele não conseguirá comprar o quadro por
15, pois C disse que o quadro valia muito mais. C tende, em uma disputa
fazer lances altos em contrapartida aos lances de B. Visto isso, B
estaria em "desvantagem" na disputa, a princípio.
logo, se houver leilão:
-se B chegar a comprar o quadro, pagará um alto preço por este, pois C
está disposto a pagar caro e a disputa será intensa. Em uma posterior
revenda, deveria vendê-lo por este preço caro pelo qual comprou mais o
x, que é o que C ofereceu, mais um k (o k representaria a vantagem em
relação a ter aceitado a proposta indecorosa...)
-se C comprar o quadro, ou pagará um alto preço (o q para ele parece
razoável) ou pagará um preço baixo, pois a atividade para B pode lhe
parecer não interessante logo no princípio do leilão (o que é o mais
provável). Repare que o preço mínimo, neste caso, seria um pouco acima
de 15.

Visto isso, percebemos que a compra do quadro por B se revelará
provavelmente desvantajosa. É vantagem para B fazer negócios e ganhar
algo em cima (ao menos é mais vantagem que entrar na disputa com a real
intenção de comprar o quadro)
A compra do quadro por C a um preço baixo é o evento mais provável,
visto que B não estaria muito disposto a fazer lances altos.

Depois de estudado tudo isto, poderia afirmar que C deve estar disposto
a pagar uma quantia menor que 5 dólares. Uma quantia igual a 5 dólares
se revelaria excepcionalmente vantajosa para B e nem tão vantajosa para
C, pois ele "ganharia" com isso alguns poucos dólares (menos que cinco
provavelmente) que é a diferença que ocorreria em um provável lance
final do leilão (pouco mais de $15 como visto) - $15
O razoável aos dois seria algo em torno de $3, pois B ganharia de graça
$3, "ganhando" C algo a mais que $3 [lance final - 13]. Repare que os $3
são iguais ao X a que nos referimos no início do problema. Quanto maior,
menor a vantagem de B entrar no leilão
Quantias mais baixas poderiam ser oferecidas a B. Como em toda a
negociação, nunca começamos mostrando todo o nosso potencial, até aonde
podemos chegar. Logicamente, C deveria começar propondo $1,5 ou $2
dólares para tentar persuadir B a aceitar um valor menor, tendo como
limite de valor de aceitação os $3 dólares.

Não sei se está correto, mas sinceramente é o que eu faria em uma
situação dessas

Quanto as desculpas pelo envio deste problema e considerá-lo muito off,
sinceramente eu discordo e acho q problemas deste tipo são muito
enriquecedores para a lista. Aliás, vc teria algum endereço com material
em português sobre este assunto? Se tiver eu agradeço enormemente.

Abraços,
Alexandre Daibert



Yahoo! Mail - o melhor webmail do Brasil. Saiba mais!

Responder a