From: "Luiz Viola" <[EMAIL PROTECTED]>

A solução do livro é tal como a abaixo, proposta por Thiago Kufner,
publicada na nossa lista.

Mas eu não consigo aceitar naturalmente...



Abraço

Viola



Digamos que H representa um filho homem e M uma filha mulher.
Como o casal teve dois filhos, as possibilidades são (na ordem mais
velha, mais nova):

H, H
H, M
M, H
M, M

Na primeira situação descrita no problema, sabemos que a criança mais
velha é um menino. Só podemos ter duas das quatro situações acima:

H, M
H, H

Ou seja, para a outra criança (a mais nova) ser um menino, só há uma
situação entre duas possíveis. Por isso que a probabilidade é 1/2.

Na segunda situação, só sabemos que uma das duas crianças é menino. Ou
seja, das quatro situações possíveis, estamos lidando com apenas três
(as que possuem no mínimo um H):

H, H
H, M
M, H

Aqui vou descordar um pouquinho...vou dizer que existem 4 possibilidades

1. Entrou na sala o filho mais vellho entre 2 meninos
2. Entrou na sala o filho mais novo entre 2 meninos
3. Entrou na sala o filho mais velho que tem uma irmazinha
4. Entrou na sala o filho mais novo que tem uma irmazona


probabilidade 2/4 = 1/2 .  E ai, como e que fica?

Assim, temos apenas 1 entre 3 possibilidades que satisfazem o enunciado.
Portanto, para a situação 2, a probabilidade é 1/3.

[]'s
Kufner



=========================================================================
Instruções para entrar na lista, sair da lista e usar a lista em
http://www.mat.puc-rio.br/~nicolau/olimp/obm-l.html
=========================================================================

Responder a