Olá,

p1, b1 = quantidade de bolas pretas e brancas (respectivamente) na urna 1
p2, b2 = .... na urna 2

b1+b2 = 50
p1+p2 = 50

vamos calcular a probabilidade da bola ser branca:
P = 1/2 * b1/(p1+b1) + 1/2 * b2/(p2+b2)
2P = b1/(p1+b1) + b2/(p2+b2)

agora, temos que maximizar essa funcao..
ainda estou pensando em como fazer isso..
mas veja que: se b1 = 1 e p1 = 0 ... temos: P = 1/2 + 1/2 * 49/50 = 0,99
uma probabilidade um tanto quanto alta :)
provavelmente a máxima...

abracos,
Salhab


On 7/3/07, Graciliano Antonio Damazo <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
galera estou com dificuldade em "pór no papel" os calculos desse exercicio,
pois eu imagino a resposta por intuição mas nao consigo chegar nas
contas.....me ajudem....


1) um prisioneiro possui 50 bolas brancas e 50 bolas pretas e duas urnas.  O
prisioneiro deve colocar do modo que preferir as bolas nas duas
urnas(nehunma urna pode ficar vazia). As urnas serao embaralhadas e o
prisioneiro deverá, de olhas fechados, escolher uma urna e , nesta urna, uma
bola. Se a bola for branca, ele será libertado e , caso contrario,
condenado. Como deve proceder o prisioneiro para maximizar  a probabilidade
de ser libertado?

desde já agradeço. Abraços


 ________________________________
Novo Yahoo! Cadê? - Experimente uma nova busca.



=========================================================================
Instruções para entrar na lista, sair da lista e usar a lista em
http://www.mat.puc-rio.br/~nicolau/olimp/obm-l.html
=========================================================================

Responder a