Deputados vão meter a colher no seu casório

MUDANÇAS NO CÓDIGO CIVIL ACABAM COM GOLPE DO BAÚ

O golpe do baú, uma das poucas maneiras de ficar rico sem muito esforço, está com seus dias contados.
Depois de 25 anos de enrolação no Congresso, uma comissão especial da Câmara aprovou ontem um novo Código Civil pro país. Se sancionado pelo presidente, o novo código pode entrar em vigor ainda este ano.
As principais mudanças no Código Civil serão na área da família e do casamento (veja quadro abaixo).
A nova lei também promete acabar com aqueles que casam só pra descolar uma grana fácil. É que agora o regime de divisão de bens poderá ser mudado durante o matrimônio.
Antigamente, os casais escolhiam o regime e não podiam mudar mais. Se os pombinhos, por exemplo, optassem pela comunhão universal de bens, na hora da separação tinham que dividir tudo em partes iguais.
Isso dava margem para algum espertalhão (ou espertalhona) aplicar o golpe do baú.
Com o novo código, qualquer um dos dois pode alterar o regime no meio do casório, ou seja, optar pela separação com divisão total dos bens (cada um pega aquilo que tinha antes nos tempos de solteiro).
Uma outra boa notícia é que o casamento será gratuito para que os casais que não tiverem condições de bancar o matrimônio.
Uma novidade importante e que vai dar o que falar é em relação a guarda dos filhos no divórcio. Antes, a mãe levava vantagem. Agora, as crianças deverão ficar com quem provar que tem melhor condição para cuidar.


Arte NP



=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Lista [EMAIL PROTECTED]
- Para assinar esta lista, envie e-mail para
[EMAIL PROTECTED]
- Para se desinscrever, envie e-mail para
[EMAIL PROTECTED] - mas pense bem antes! :)
- Para mais informacoes sobre esta lista, va\' no endereco
http://www.grupos.com.br/grupos/piadas.news
- Qualquer duvida sobre a lista, escreva para
[EMAIL PROTECTED]
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-


vote no iBest Grupos.com.br
página do grupo diretório de grupos diretório de pessoas cancelar assinatura

01120800.jpg

Responder a