FAROESTE CABOCLO
----------------

Pessoal, isto também vale para aqueles que não fazem Engenharia

FAROESTE CABOCLO DA ENGENHARIA
(leia com o ritmo da musica "Faroeste Caboclo")


Cheio de medo, em setembro, Joãozinho viu que os dedos tremiam pra
fazer a inscrição

Deixou pra trás a namorada, a motoca, o futebol e as festinhas pra
rachar na revisão

Quando criança só pensava em ser engenheiro, ainda mais com o dinheiro
que sonhava em ter na mão

Era o CDF lá do colégio onde estudava e todo mundo admirava o boletim
desse cuzão

Ia pra igreja só pra rezar pro seu santo pra pedir a sua ajuda pra
prestar vestibular

Sabia mesmo que ia ser barra pesada porque tinha muito japa pra tomar
o seu lugar

O ano todo se propôs a estudar, passava o dia inetiro sem ligar
televisão

Nos feriados não ia viajar, tinha que ficar em casa pra treinar a
redação

Fazia todos os exercícios da apostila e no fim de cada aula ia falar
com o professor

Às quinze horas ia pro laboratório, ver as mitocôndrias da aula
anterior

Não entendia como o militarismo dominou o seu país por vinte anos de
terror

Ficou cansado de tentar achar resposta e desceu pra lanchonete pra
afogar a sua dor

E lá chegando, foi tomar um cafezinho, encontrou um concorrente com
quem foi falar.

E o concorrente aumentou seu desespero, pois manjava muita coisa que
ele tinha que estudar.

Dizia ele: "Eu vou prestar o ITA, neste país prova pior não há.

E se não der, eu vou pegar Engenharia, aqui na Poli eu vou tomar o seu
lugar"

E João não gostou dessa proposta, ele disse "Ai, que bosta! Tô
começando a passar mal"

Ele ficou bestificado de pegar a lista de espera, só depois do
Carnaval

Meu Deus, pode ser pior ainda. No Ano Novo eu posso estar lá na Mauá

É brincadeira querer ser Engenheiro, e só descolar emprego em
Taguatinga

Na Sexta-feira ele morria de vontade de correr para o banheiro, se
borrando de terror

Ele estudava o relevo da Bolívia, Função Quadrática e também a Modular

E nos domingos, então ele fazia Tarefa mínima e Complementar

E Joãozinho até a morte se esforçava, e o tempo mal sobrava pr'ele se
alimentar

E via às duas horas o Vestibulando, que passava todas as dicas sobre o
vestibular

Mas ele não queria mais conversa e decidiu que em novembro era hora de
rachar

Ele pirou que precisava estudar tanto, virou um bitolado e começou a
delirar

E logo, logo os malucos da sua idade viram a calamidade: "Tem babaca
novo aí!"

E o nosso Joãozinho ficou louco e acabou batendo em todos os japoneses
dali

Seus amigos, preocupados com a sua sorte, deram uma fita de Rock
pr'ele relaxar

Mas de repente, sob a má influência dos Boyzinhos lá do fundo, começou
a zoar

Já na primeira fase ele penou e só passou porque o corte foi 43

Limite, Integral e Derivada, vocês vão ver, vou resolver vocês...

Agora Joãozinho era fodido e estava decidido que não ia se dar mal

Sacava toda a Trigonometria e manjava de Limites, Derivada e Integral

Foi quando conheceu uma menina e de toda aquela zona ele se arrependeu

Maria Lúcia era uma bitola linda e o coração dele pra ela, Joãozinho
prometeu

Ele dizia que devia estudar, pois Engenheiro ele queria ser Maria
Lúcia pra sempre eu vou te amar, Engenharia com você quero fazer...

O tempo passa e um dia chega a hora de fazer Segunda Fase, coitadinho
do João

E ele faz uma prova perigosa e diz que espera uma resposta, pode ser
um "Sim" ou "Não"

Não vou correndo pra banca de jornal, nem pro pátio do cursinho, Isso
eu não faço não.

Pois eu prefiro ficar na minha casa, esperando o resultado com o cú na
mão

Maria Lúcia vai comprar o tal jornal e logo após achar seu nome, ela
procura o de João

Mas ela volta com tristeza no olhar, olha pra ele e diz: "Você pegou a
Quinta opção"

Você passou na sua Quinta opção, Você passou na sua Quinta opcão,
Bacharelado em Matemática é um Tesão, eu vou sofrer as conseqüências
como um cão

Não é que Joãzinho estava certo, seu futuro era incerto, mas foi se
matricular

Matriculou-se e no meio da zoeira, descobriu que tinha muitos como ele
no lugar

Fez inscrição para o remanejamento, e talvez no fim do ano,
transferência ia tentar

E João mantinha a esperança de um dia conseguir uma vaga na Poli
Química

Mas acontece que um tal de Tadeu Moretti, terrorista de renome
apareceu por lá

Ficou sabendo dos planos de Joãozinho e decidiu que com suas notas ele
ia se ferrar

E ele teve que largar Cálculo 2, mesmo sabendo derivar e integrar E
decidiu então deixar para depois que o Taneja voltasse a lecionar

O tal Moretti, professor mais sem vergonha, com sua prova enfadonha
fez todo mundo dançar

E reprovava calouros inocentes e o nabo era tão quente, que nem dava
pra sentar

O Joãozinho há muito não via sua amada e a saudade começou a apertar
Eu vou pra Poli, eu vou ver Maria Lúcia, já está em tempo da gente se
encontrar

Chegando à Poli, então ele chorou quando viu Maria Lúcia namorando um
japonês

Maria Lúcia, como você mudou... Que estrago que a Poli te fez!!

Ahhh!!!

E Joãozinho era só ódio por dentro, então o japonês para um duelo ele
chamou

Amanhã, às duas horas, no Biênio ou na Praça do Relógio, seja aonde
for

E você pode escolher suas equações, derivadas ou matrizes de qualquer
versor

Que eu provo que o Sub-espaço nulo é o coração dessa piranha a quem
jurei o meu amor

E Joãozinho não sabia o que fazer, quando escutou um papo lá no
bandejão

Onde falavam dum duelo que iam ver, dizendo a hora, o local e a razão

No Sábado, então, às duas horas, toda a Poli, sem demora, foi lá só
para assistir

Um japa que botava pelas costas, encoxou Maria Lúcia e começou a
sorrir

Sentindo um ódio na garganta, João olhou pros cabacinhas e pros
trouxas a aplaudir

E olhou pros pipoqueiros e as bancas de cachorro-quente, que passavam
por ali

E, nisso, o céu abriu seus olhos e então Maria Lúcia ele reconheceu
Ela queria fazer Álgebra 2, pra provar que a Poli não a emburreceu

Politécnico, eu sou homem, coisa que você não é e não me contento em
por nas costas, não

Some daqui, filho da puta sem vergonha, vai pra casa tocar bronha, o
seu destino é ser bundão

E Joãozinho deu as costas para os dois, foi pra Pura, onde encontrou o
seu valor

Maria Lúcia se arrependeu depois, prestou Fuvest, mas no IME não
entrou

E ela declarava que o nosso Joãozinho era gênio que escapou de se
foder

Que na alta burguesia lá da Poli, todo mundo é bunda-mole, ninguém
sabe o que fazer

E foi dar monitoria no cursinho pra avisar os molequinhos pra não
esquecer

Ela precisa avisar toda essa gente: Engenharia é pra demente que só
quer... SOFREEEEER!!!

--

[],
1.000ton
________________ _
\__(=======/_=_/ ____.--'-`--.___ Visite Minha Home Page:
\ \ `,--,-.___.----' http://www.geocities.com/miltongoya/
.--`\\--'../ http://users.sti.com.br/stoledo
'---._____./] http://sites.uol.com.br/filpo
http://users.sti.com.br/gtraxx
Nós saudamos as estrelas

Para receber piadas, envie uma mensagem em branco para:
[EMAIL PROTECTED]

Mulher é igual circo. Debaixo do pano é que está o espetáculo.


=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Lista [EMAIL PROTECTED]
- Para assinar esta lista, envie e-mail para
[EMAIL PROTECTED]
- Para se desinscrever, envie e-mail para
[EMAIL PROTECTED] - mas pense bem antes! :)
- Para mais informacoes sobre esta lista, va\' no endereco
http://www.grupos.com.br/grupos/piadas.news
- Qualquer duvida sobre a lista, escreva para
[EMAIL PROTECTED]
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-


vote no iBest Grupos.com.br
página do grupo diretório de grupos diretório de pessoas cancelar assinatura

Responder a