SELVA S.A

- É a lei da Selva...

O Crocodilo, diretor de Recursos Humanos parecia realmente sentido ao
explicar ao sr. Bode os motivos de sua demissão por justa causa. Constava
nos estatutos da empresa. E, de mais a mais, com a reestruturação, a
ouvidoria, a cheiradoria e a espiadoria (onde Bode trabalhava) seriam
extintos.

Mas, no fundo Crocodilo estava preocupado com outras coisas. Sem o Bode da
Espiadoria, sem o Boi (que foi trabalhar na Piranhas Ltda.) não há mais
quem culpar quando as coisas dão errado. Ora, semana passada ele demitira
até a dona Laranja, que a rigor, por não ser animal, não deveria trabalhar
na Selva, mas vai discutir com a lógica da companhia. Enfim, isso não
importava agora - Crocodilo estava atrasado para uma reunião.

Lá estava toda a diretoria em volta de Raposa, o presidente, instalado
magnificamente sob o retrato de seu avô, o fundador daquela empresa. Todos
conhecem a história de Raposa-avô: de tanto dizer que as uvas estavam
verdes, elas acabaram virando passas, vendidas a peso de ouro no final do
ano. De lá para cá a Selva diversificou suas atividades enormemente.

O Secretário terminava de contar os presentes:

- Preguiça, Hiena, Crocodilo, Paca, Tatu,... presidente, Cotia não veio.

- Bom, vamos começar de qualquer maneira. Quais são as novidades?

- Reclamações dos clientes... começou seu Papagaio

- Eu disse novidades.

- A culpa é do Chacal, o gerente de vendas. Ele manda o pessoal vender a
qualquer custo, não importa o que nem como.

- Bah, o mercado está difícil - desculpou-se o Chacal - não é como anos
atrás, quando vendíamos para os Quero-queros. Aquilo sim era cliente. Eu
perguntava se ele queria comprar mais daqueles produtos encalhados e ele
respondia "quero; quero". Perguntava se ele queria esperar mais duas
semanas pela entrega que eu prometera para o dia seguinte e ele respondia
"quero; quero". Nem imagino por que ele não compra mais da gente. Esses
clientes de agora só querem reclamar.

A reunião foi interrompida pelo celular de Raposa, que atendeu e
rapidamente tampou o bocal:

- Ih, é aquele outro cliente, falem baixo.

E, voltando ao aparelho:

- Alô, seu Pato, como vai?


PAULO GUSTAVO SAMPAIO ANDRADE
Teresina - Piaui
E-mail --> [EMAIL PROTECTED]
Jus Navigandi --> http://www.jus.com.br

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Lista [EMAIL PROTECTED]
- Para assinar esta lista, envie e-mail para
[EMAIL PROTECTED]
- Para se desinscrever, envie e-mail para
[EMAIL PROTECTED] - mas pense bem antes! :)
- Para mais informacoes sobre esta lista, va\' no endereco
http://www.grupos.com.br/grupos/piadas.news
- Qualquer duvida sobre a lista, escreva para
[EMAIL PROTECTED]
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-


Grupos.com.br
página do grupo diretório de grupos diretório de pessoas cancelar assinatura

Responder a