Piadas - "Memórias de um louco"

.
Meia-noite, o sol brilhava no horizonte. Um careca penteava seus lindos cabelos loiros, contemplado pela beleza feia da natureza. Na sua direita ao lado esquerdo um jacaré voava devagar em alta velocidade. Enquanto um cego lia um jornal de ponta cabeça e sem letras. Do outro lado da cidade, em um bosque sem árvores um elefante descansava às sombras de um pé de cenoura, observando de olhos fechados os pássaros pastando e, vacas pulando de galho em galho em busca de seus ninhos. Na sua frente, logo atrás sentado em um banco sem pés, um surdo escutava as mais recentes gravações do ano passado enquanto, uma outra multidão de surdos ouvia atentos, um mudo anunciava que um aleijado das pernas acabava de ganhar a Corrida de São Silvestre. Nas margens de um lago seco, um mudo gritava bem alto: "Prefiro mil vezes a morte a perder a vida. " E, um outro respondia dizendo que o mundo era uma bola quadrada que, navega em um barco sem fundo num oceano sem água. E, enquanto tudo isso acontecia um burro estava aqui à ler todas essas bobagens.

Responder a