---------------------------------------------------------------------
Uma certa manhã, junto à piscina de um hotel de luxo, estavam apenas dois
hóspedes descansando em suas espreguiçadeiras. Um deles era um senhor, já de
meia-idade, mas musculoso e bem conservado. O outro era uma velhinha,
franzina e de cabelos todos brancos. A certa altura, ele se levantou, saltou
atleticamente para a piscina e começou a nadar. Nadou 2 mil metros, em
magnífico estilo. Quando saiu da piscina, a velhinha cumprimentou-o:
- Parabéns! O senhor nada muito bem!
- Acontece, minha senhora, que em 1948 eu fui campeão brasileiro de nado
livre, e em 1950 fui campeão sul-americano. Depois parei de competir, mas
ainda dou as minhas nadadinhas.
A velhinha, então, também se levantou, ajeitou as alças de seu antiquado
maiô e pulou na piscina. Ante o olhar espantado do senhor, ela nadou 3 mil
metros, no mais perfeito estilo "Borboleta".
Ao sair da água, foi a sua vez de receber cumprimentos:
- Bravo! Vejo que a senhora também foi uma campeã!
- Não é nada disso, meu bem. Acontece que durante mais de trinta anos eu fui
prostituta em Veneza.

____________________
Renato Lima
[EMAIL PROTECTED]


---------------------------------------------------------------------
l? Você tem email?? Que tal mudar para [EMAIL PROTECTED]? Visite 
http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
---------------------------------------------------------------------

Responder a