---------------------------------------------------------------------
Fernando Fernandes Vieira wrote:

>         Segue um pequeno desafio para animar a conversa:
>
> "Um homem estava morrendo e sua mulher estava para ter criança. No testamento, 
>deixou 2/3 dos seus bens para a criança (se fosse homem) e um terço para sua mulher. 
>Se a criança fosse mulher receberia apenas 1/3 e a esposa 2/3. Após a sua morte, a 
>mulher deu a luz à gemeos, um menino e uma menina. Como pode o juiz dividir os bens 
>de acordo com os desejos do morto?"
>
>         Vamos ver se conseguimos solucionar!!!

Fernando,

Acho que o juiz deveria imaginar o problema da seguinte forma:
Como nasceram 2 filhos vamos dividir o problema ( e a herança ) em dois:

Com a primeira metade vamos seguir a regra do filho homem:1/3 da metade para a mãe e 
2/3 da metade p/ o filho.

Com a segunda metade vamos seguir a regra da filha mulher: 2/3 da metade para a mãe e 
1/3 da metade p/ a filha.

Ou seja: a mãe fica com a metade do total e os filhos ficam com a outra metade (1/3 
para a filha e 2/3 para o filho)

Será que é isso mesmo?

--
[ ]s
Otávio
ICQ: 37851494
SJoséCpos - SP


---------------------------------------------------------------------
l? Você tem email?? Que tal mudar para [EMAIL PROTECTED]? Visite 
http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
---------------------------------------------------------------------

Responder a