O marinheiro se apresenta ao seu comandante:
     - Senhor, é o meu dever comunicar-lhe que tem um veado à bordo! E o
     comandante:
     - Nao, isso nao é possível! Os testes para admissao na Marinha sao
     rigorosíssimos. Você deve estar enganado!
     - Pois eu lhe garanto, Capitao! Pode confiar em mim! - E como é que
     você tem tanta certeza?
     - É que acabei de chupar o pau do contramestre e estava com um gosto
     de merda...
    
     XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    
     A bicha chega na funerária e pergunta: - Tem caixao preto? - Temos
     sim, senhor!
     - Com argolinhas pretas?
     - Sim, senhor!
     - Todo forrado de preto?
     - Sim...
     - Credo! Que medo!
    
     XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    
     A bichinha vai ao psicólogo dizendo que quer mudar de vida.
     - O que o levou a escolher esse tipo de vida? - pergunta-lhe o
     psicólogo.
     - Nao fui eu quem escolheu! Fui forçado a isso! Quando eu tinha uns 12
     ou 13 anos, estava brincando no jardim lá de casa, quando o meu primo
     veio por trás, me agarrou e abusou de mim ali mesmo! Foi um horror!
     - Mas você n¦o poderia ter escapado? Nao tentou correr?
     - Tentar eu tentei, mas de salto alto e saia justa, cadê velocidade!
    
     XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    
     Duas bichas se encontram.
     - Você ficou maluca! - observa uma delas. - Ficar andando por aí
     vestida desse jeito, toda de preto! Que coisa mais tétrica!
     - É que o meu pai faleceu! Estou de luto! - comenta a outra,
     choramingando. - O seu pai morreu de que?
     - Febre amarela!
     - Nossa! Que cor mais horrorosa!!
    
     XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    
     Duas bichas est¦o andando no mato quando uma delas diz: - Espera um
     pouco, que eu vou fazer cocô e já volto!
     Cinco minutos depois ela volta gritando, na maior agitaç¦o: -
     Querida!... aconteceu uma desgraça! Aaai... meu Deus!
     - O que foi? O que foi? Fala logo! - interpelou a outra, assustada. -
     Menina, eu abortei!
     - Abortou?! Você está maluca! Aonde já se viu bicha abortar! -Ah... é,
     é?! Nao acredita? ent¦o vem ver! Olha ali... - disse ela apontando
     para o montinho que acabara de inaugurar - olha os olhinhos... os
     bracinhos... tá vendo?... e está se mexendo!
     - Pára com isso, menina! Nao tá vendo que você cagou em cima de um
     sapo?
    
     XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    
     A bicha entra no banheiro publico e deu de cara um corcunda mijando:
     - Meu Deus! Que pau grande e bonito! Ah!... se eu tivesse um pau desse
     eu passava o dia inteiro chupando!
     - E porque você acha que eu fiquei corcunda?
    
     XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    
     - Papai, papai - diz o menino, orgulho! - Hoje eu tive a minha
     primeira relaçao sexual!
     - Parabéns, meu filho! Agora você já é um homem! Diga lá, quando é que
     pretendes ter a segunda?
     - Quando meu cu parar de doer!
    
     XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
    
     A bichinha vai ao médico, este encosta o estetoscópio em suas costas e
     diz: - Por favor, diga 33!
     - Trinta e três - responde a bichinha, com voz afetada!
     - Muito bem, - ele muda a posiç¦o do estetoscópio. - Novamente. -
     Trinta e três!
     O médico coloca o estetoscópio no peito do seu cliente: - Diga 33! -
     Trinta e três!
     - ótimo! Mais uma vez!
     - Trinta e três!
     - Perfeito, agora vamos examinar a próstata!
     A bichinha se põe de quatro, abaixa as calças e o médico mete o dedo
     no rabo dela.
     - Diga 33 - diz ele, descuidado!
     - Um... dois... três... quatro...
 
 
Um Grande abraço a todos
Paz, Amor e Empatia
Igor Ciro
__________________________________________
                                                             "Do what thou wilt"

Responder a