Um alemão, um inglês e outro europeu foram presos como espiões assim que
estourou mais uma revolução no país em que estavam passando as férias.
Presos em celas super reforçadas, com os pés acorrentados àquela tradicional
bola de ferro, aguardavam a hora de ser fuzilados. Não havia como escapar.
Mas o alemão bolou um plano para fugir na hora da execução.
- Preparar... apontar... - Começou o comandante, dando ordens ao pelotão de
fuzilamento.
- Terremoto!! - Gritou o alemão.
E foi aquela correria. Na confusão, livre da corrente, ele sumiu.
Em seguida, foi a vez do inglês.
Assim que o oficial comandou "Preparar... apontar...", ele gritou:
- Maremoto!!! - e mais uma vez todo mundo tentando escapar, sem lembrar que
o país não tinha sequer saída para o mar.
O terceiro prisioneiro raciocinou, então, que sua salvação estava em ameaçar
com alguma tragédia de grandes proporções, e ficou esperando tranqüilamente
sua vez de ir para o paredão. Quando o comandante do pelotão deu a ordem de
"Preparar...
apontar...", o prisioneiro gritou:
- Fogo!!! Fogo!!! Fogo!!!

_____________________
Renato Lima
[EMAIL PROTECTED]

winmail.dat

Responder a