Dois anos depois do casamento, o maridinho de consciência pesada encara a
mulherzinha:
-- Benzinho, vamos jogar o jogo da verdade. Contamos os nossos segredos,
juramos guardá-los um para o outro e no fim a gente se perdoa.
-- Combinado, amorzinho.
-- Bem, vou começar -- diz o homem, nervoso. -- Dois meses depois que nos
casamos, eu tive um caso muito louco com sua irmã...
-- O quê? Mas logo com a minha irmã? -- ela interrompe, furiosa.
-- Espera um pouco, você prometeu que perdoaria...
-- Está bem, está perdoado, amorzinho. E agora é a minha vez...
-- Claro, claro! -- ele diz, aliviado. -- Que pecadinho você tem pra contar
pra mim, doçura?
-- Amorzinho, dois anos antes de a gente se casar eu era homem.

_____________________
Renato Lima
[EMAIL PROTECTED]

---------------------------------------------------------------------
Você tem email?? Que tal mudar gratuitamente para [EMAIL PROTECTED]?
Visite http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
---------------------------------------------------------------------

Responder a