Um pobretão vê uma linda mulher,
> >>>    com seios perfeitos, saltar de um
> >>>    ônibus. Ele corre até ela e
> >>>    pergunta:
> >>>    Por R$ 50,00 você deixaria eu
> >>>    morder seus seios?
> >>>    A mulher responde:
> >>>    Você está maluco!
> >>>    Ele dá a volta na quadra, chega a
> >>>    esquina antes dela e pergunta:
> >>>    Por R$ 500,00 você deixaria eu
> >>>    morder seus seios?
> >>>    A mulher responde:
> >>>    Olha meu senhor, não me leve a
> >>>    mal, mas eu não este tipo de
> >>>    mulher.
> >>>    Ele dá a volta na outra quadra,
> >>>    chega a esquina antes dela
> >>>    novamente e pergunta:
> >>>    Por R$ 5.000,00 você deixaria eu
> >>>    morder seus seios?
> >>>    A mulher pensa um pouco e
> >>>    responde:
> >>>    R$ 5.000? ... Tudo bem, mas
> >>>    vamos ali no cantinho.
> >>>    Ela abre a blusa, coloca os seios
> >>>    a mostra e libera pro cara.
> >>>    O cara beija, aliza, passa as
> >>>    mãos, encosta a cabeça, beija
> >>>    novamente, e por ai vai, mas
> >>>    nada de morder, até que a mulher
> >>>    perde a paciência e lhe fala:
> >>>    Você não vai morder não?
> >>>    E o cara:
> >>>    Não! É muito caro!!!!
Um pobretão vê uma linda mulher,
> >>>    com seios perfeitos, saltar de um
> >>>    ônibus. Ele corre até ela e
> >>>    pergunta:
> >>>    Por R$ 50,00 você deixaria eu
> >>>    morder seus seios?
> >>>    A mulher responde:
> >>>    Você está maluco!
> >>>    Ele dá a volta na quadra, chega a
> >>>    esquina antes dela e pergunta:
> >>>    Por R$ 500,00 você deixaria eu
> >>>    morder seus seios?
> >>>    A mulher responde:
> >>>    Olha meu senhor, não me leve a
> >>>    mal, mas eu não este tipo de
> >>>    mulher.
> >>>    Ele dá a volta na outra quadra,
> >>>    chega a esquina antes dela
> >>>    novamente e pergunta:
> >>>    Por R$ 5.000,00 você deixaria eu
> >>>    morder seus seios?
> >>>    A mulher pensa um pouco e
> >>>    responde:
> >>>    R$ 5.000? ... Tudo bem, mas
> >>>    vamos ali no cantinho.
> >>>    Ela abre a blusa, coloca os seios
> >>>    a mostra e libera pro cara.
> >>>    O cara beija, aliza, passa as
> >>>    mãos, encosta a cabeça, beija
> >>>    novamente, e por ai vai, mas
> >>>    nada de morder, até que a mulher
> >>>    perde a paciência e lhe fala:
> >>>    Você não vai morder não?
> >>>    E o cara:
> >>>    Não! É muito caro!!!!


---------------------------------------------------------------------
Você tem email?? Que tal mudar gratuitamente para [EMAIL PROTECTED]?
Visite http://www.email.com.br e faça seu pedido. Esse email é seu!
---------------------------------------------------------------------

Responder a