Paulo,

Você já viu isso funcionando com um liquidificador ligado na mesma rede
elétrica?

Ou próximo a áreas industriais ou mesmo em prédios com elevador?

Todas as soluções de PLC que vi até o momento tiveram performance
deprimentes para ambientes domesticos quando se faz uso de qualquer uma
dessas soluções.

Imagina, você no meio de um download e ter que gritar para a sua esposa.
"Desliga esse liquidificador, estou fazendo download!!!!"

Ou ligar para o sindico, pedindo para desligar o elevador por 10 minutos até
você terminar de baixar e responder os seus e-mails.

-- 
Atenciosamente,
Carlos Roberto Maciel Carneiro
[EMAIL PROTECTED]
Macaé/RJ

Tel.: (22) 9869-5054


2008/9/25 Paulo <[EMAIL PROTECTED]>

>   Concordo Edson,
>
> Estive conversando como várias pessoas que tem a idéia de que a tecnologia
> não se firmará.
>
> Este é um raciocinio não esta correto pois basta o publico mostrar
> interesse e o PLC estara se firmando.
> Senão veja;
> Acredito que o produto será barato e com tamanho proximo de uma carteira de
> cigarro. Voce o conecta a tomada e a porta USB.
> Ao ligar o computador, aparece as informacões de cadastramento no provedor
> da concessionaria da energia elétrica.
> Ao se cadastrar, voce tera acesso ao WWW por quantias tipo R$ 10.00 por mês
> e descontadas confortavelmente na sua ja existente conta de luz.
> Talves seja assim mesmo.
> Quer mais barbada do que isso?
> Tem que ser muito ingenuo (ou nascido em Júpiter) para achar que este
> pessoal investiu na incerteza....
>
> Em se falando em prejuizo, logo depois das faixas de Ondas Curtas e Ondas
> Medias, vem os provedores de wireless que terão que competir nestas
> condições com as concessionarias de energia elétrica.
>
> Paulo
>
> ----- Original Message -----
> From: Edson.S.C.
> To: [EMAIL PROTECTED] <contraplc%40yahoogrupos.com.br>
> Sent: Thursday, September 25, 2008 9:04 AM
> Subject: Re: Re:[contraplc] Re: consulta 38
>
> paulo,
>
> além da manifestação eletrônica, no site da anatel,
>
> a melhor ainda é por escrito, carta registrada ou sedex.
> grampear o recebo do correio na cópia da manifestação.
> preto no branco.
> não há como a anatel depois dizer que não recebeu sua
> argumentação.
>
> a aceitação tácita, ocorre quando ninguém se manifesta
> contra.
>
> como já despejamos muitos caminhões de areia no
> baldinho da anatel..., não tem nada de tácito.
>
> aposto que ninguém lá dentro imaginava que haveria
> um movimento muito grande contra.
>
> e estaria muito maior, não fosse um monte de alienados
> que não tão nem aí, e continuam usando frequências para
> bate-papos de mesinhas de baralho e outras frivolidades.
>
> abs,
>
> edson
>
> -----Mensagem Original-----
> De: Paulo
> Para: [EMAIL PROTECTED] <contraplc%40yahoogrupos.com.br>
> Enviada em: quinta-feira, 25 de setembro de 2008 08:37
> Assunto: Re: Re:[contraplc] Re: consulta 38
>
> Concordo com o Edson,
>
> E ademais acredito que para uma petição no Ministério Publico (como a Dra.
> Flavia Lefrévre comentou) não tem data e parece que é até melhor DEPOIS da
> consulta pública conforme comentou o Eduardo Pavan.
> Estarei certo?
>
> Vou deixar minha contribuição na CP38 para o ultimo dia.
> Ainda tenho dúvido se devo faze-la pois uma manifestação na consulta de
> certo modo é uma concordância tácita na existencia do PLC.
>
> Paulo
>
> .
>
>
> [As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
>
>  
>


[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]

Responder a