tira meu mail da lista

> ----- Mensagem original -----
> De:           [EMAIL PROTECTED]
> [SMTP:[EMAIL PROTECTED] Em nome de
> [EMAIL PROTECTED]
> Enviada em:           terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007 16:58
> Para:         psl-ba@listas.dcc.ufba.br
> Assunto:              Digest PSL-BA, volume 23, assunto 9
> 
> Enviar submissões para a lista de discussão PSL-BA para 
>       psl-ba@listas.dcc.ufba.br
> 
> Para se cadastrar ou descadastrar via WWW, visite o endereço
>       https://mail.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba
> ou, via email, envie uma mensagem com a palavra 'help' no assunto ou
> corpo da mensagem para 
>       [EMAIL PROTECTED]
> 
> Você poderá entrar em contato com a pessoa que gerencia a lista pelo
> endereço
>       [EMAIL PROTECTED]
> 
> Quando responder, por favor edite sua linha Assunto assim ela será
> mais específica que "Re: Contents of PSL-BA digest..."
> 
> 
> Tópicos de Hoje:
> 
>    1. Re: SL dentro da Empresa ( Helton Dória )
>    2. Re: SL dentro da Empresa (Alexandre Strube)
>    3. Re: SL dentro da Empresa ( Helton Dória )
>    4. Re: SL dentro da Empresa ( Helton Dória )
>    5. Re: SL dentro da Empresa ( Helton Dória )
>    6. Re: SL dentro da Empresa (Eric Jardim)
>    7. Re: SL dentro da Empresa (Wagner Saback Dantas)
> 
> 
> ----------------------------------------------------------------------
> 
> Message: 1
> Date: Tue, 6 Feb 2007 16:17:04 -0300
> From: " Helton Dória " <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-BA] SL dentro da Empresa
> To: " Integração do Projeto Software Livre Bahia "
>       <psl-ba@listas.dcc.ufba.br>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1; format=flowed
> 
> Em 06/02/07, Eric Jardim<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > Imaginem a seguinte situação:
> >
> > Temos uma intranet corporativa onde existem várias páginas (criadas
> dentro
> > da empresa, o que as tornam, imagino eu, propriedade da empresa).
> >
> > Digamos que eu queira (e a empresa também) desenvolver uma ferramenta
> livre,
> > com licença GPL, que "cate" informações geradas por estes sistemas (eu
> não
> > estou misturando os códigos). Só estaria colhendo as saídas destes
> sistemas.
> > Ex: ler informações numa página da intranet e gerar resultados.
> >
> > Perguntas:
> > 1 - Eu posso de fato fazer isso, sem ferir a GPL?
> 
> Um software GPL pode trocar informações com software não GPL sem
> problemas e o código proprietário não precisa se tornar aberto (desde
> que, não haja realmente compartilhamento de códigos).
> 
> >
> > 2 - Mesmo sem ferir a GPL, eu sou obrigado a liberar o código? Mesmo que
> não
> > tenha utilidade, já que ele depende de saídas proprietárias (contexto da
> > empresa?).
> 
> Essa é uma questão delicada, mas pelo meu entendimento das informações
> contidas no site da FSF, desde que uso não seja externalizado, você
> não é obrigado a liberar o código-fonte do programa. No entanto, vale
> frisa que é encorajado que o código-fonte dos softwares GPL sejam
> sempre liberados.
> 
> >
> > 3 - Mesclando: é possível criar software GPL, usando outros softwares já
> > GPL, e ter software livre dentro do contexto da empresa, mas não
> divulga-lo
> > (necessariamente) para o mundo externo?
> 
> Os códigos GPL de terceiros aparentemente já estão publicados, visto
> que, vc os adquiriu e pretende fazer uso deles. Então, quanto a isso
> não há problemas. Quanto as suas derivações, elas obrigatoriamente
> devem ser GPL, mas ninguém está obrigado a liberar uma modificação que
> não tenha sido externalizada, ou seja, se vc usar sua modificação para
> uso estritamente pessoal, não é obrigado a liberar. Mas se algum dia
> vc quiser abrir essa aplicação para acesso público, aí a conversa muda
> e vc terá que liberar o fonte.
> 
> >
> > Como empresas como Google e Yahoo lidam com isso?
> 
> Não sei como o Google e o Yahoo tratam isso, mas eles usam a GPL como
> licença dos seus softwares exclusivos?
> 
> []'s
> 
> Helton
> 
> 
> ------------------------------
> 
> Message: 2
> Date: Tue, 6 Feb 2007 20:18:55 +0100
> From: "Alexandre Strube" <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-BA] SL dentro da Empresa
> To: " Integração do Projeto Software Livre Bahia "
>       <psl-ba@listas.dcc.ufba.br>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1; format=flowed
> 
> > > Como empresas como Google e Yahoo lidam com isso?
> 
> > Não sei como o Google e o Yahoo tratam isso, mas eles usam a GPL como
> > licença dos seus softwares exclusivos?
> 
> Alguém já tentou pedir o fonte do linux que os celulares motorola
> usam? Ou dos seus mp3 players, dvd players (sim, estes de mesa) usam?
> 
> 
> 
> -- 
> []
> Alexandre Strube
> [EMAIL PROTECTED]
> 
> 
> ------------------------------
> 
> Message: 3
> Date: Tue, 6 Feb 2007 16:21:50 -0300
> From: " Helton Dória " <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-BA] SL dentro da Empresa
> To: " Integração do Projeto Software Livre Bahia "
>       <psl-ba@listas.dcc.ufba.br>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1; format=flowed
> 
> Em 06/02/07, Alexandre Strube<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > Gpl não é divulgação. Leiam as duas versões atualmente utilizadas
> > dela, tem tradução em português para quem não entende o inglês...
> >
> > link para a versão 2:
> > http://www.magnux.org/doc/GPL-pt_BR.txt
> >
> > Eu não ia responder. Lidar com seus dados nao significa lidar com seu
> > código. Você pode botar esse programa em gpl, mas o que a comunidade
> > ganha com isso? A obrigação que você teria seria de fornecer o código
> > fonte CASO as pessoas o qual você decidir entregar o programa lhe
> > peçam. E só.
> >
> 
> Tem isso tb, mas acho que a questão proposta pelo Eric colocava a
> questão da GPL pq ele pretende fazer uma derivação em cima de código
> GPL. Sendo assim, ele está obrigado a usar a mesma licença.
> 
> []'s
> 
> Helton
> 
> 
> ------------------------------
> 
> Message: 4
> Date: Tue, 6 Feb 2007 16:28:49 -0300
> From: " Helton Dória " <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-BA] SL dentro da Empresa
> To: " Integração do Projeto Software Livre Bahia "
>       <psl-ba@listas.dcc.ufba.br>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1; format=flowed
> 
> Em 06/02/07, Eric Jardim<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > Em 06/02/07, Rafael Gomes <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > > Acho que o software que é GPL deve sempre continuar assim, ou seja, se
> > houver mudanças no codigo do programa GPL essa mesma deve se manter
> aberta,
> > ou seja, divulgada, mas o outro sistema que apenas tem suas saidas sendo
> > utilizadas pelo GPL acho que não terá problemas, mas seria interessante
> > mostrar a empresa que a divulgação desse codigo pode ajudar a ele tb
> não?
> > >
> >
> > Pois é. É aí que reside a dúvida.
> >
> > 1 - Se eu crio SL dentro da empresa, ele pode ser livre? Ou alguém pode
> > alegar que a empresa possui tudo criado durante o expediente de
> trabalho?
> > Talvez seja necessário uma concessão para criar SL dentro de uma
> empresa.
> 
> Não é necessário nenhum tipo de concessão. O conceito de SL e a
> licença GPL não fazem distinção de uso por pessoas físicas e
> jurídicas.
> 
> > 2 - Criado ele dentro (ou apenas apanhado algo já livre pronto) podemos
> > utilizar as saídas geradas por SP? Eu acredito que sim, mas na dúvida...
> > (Zen of Python)
> 
> Como eu disse no outro e-mail, a GPL não impede que um softwares livre
> troque dados com um software proprietário.
> 
> >
> > 3 - Após a criação de algo livre, faz sentido divulgar fora da empresa?
> Digo
> > isso, pois parte do código pode ser útil para o mundo externo e parte
> não
> > tenha o menor significado. Além disso, existe a preocupação de revelar
> algo
> > da empresa que não seja passível de divulgação.
> 
> Só faz sentido se ele realmente puder ser útil para mais alguém e se
> não comprometer os dados da empresa (a meu ver, não há motivos para
> isso acontecer se certas precauções de projeto forem tomadas).
> 
> []'s
> 
> Helton
> 
> 
> ------------------------------
> 
> Message: 5
> Date: Tue, 6 Feb 2007 16:41:56 -0300
> From: " Helton Dória " <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-BA] SL dentro da Empresa
> To: " Integração do Projeto Software Livre Bahia "
>       <psl-ba@listas.dcc.ufba.br>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1; format=flowed
> 
> > > 1 - Se eu crio SL dentro da empresa, ele pode ser livre? Ou alguém
> pode
> > > alegar que a empresa possui tudo criado durante o expediente de
> trabalho?
> > > Talvez seja necessário uma concessão para criar SL dentro de uma
> empresa.
> >
> > Não é necessário nenhum tipo de concessão. O conceito de SL e a
> > licença GPL não fazem distinção de uso por pessoas físicas e
> > jurídicas.
> >
> 
> Esclarecendo melhor, se vc cria um software dentro de uma empresa, ela
> será a dona da propriedade intelectual sobre o código. Sendo assim,
> ela é quem decide (e não o programador) por liberar aquele como livre
> ou não.
> 
> Coloquei o esclarecimento pq acredito ter entendido errado sua
> pergunta na primeira leitura.
> 
> []'s
> 
> Helton
> 
> 
> ------------------------------
> 
> Message: 6
> Date: Tue, 6 Feb 2007 17:44:45 -0200
> From: "Eric Jardim" <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-BA] SL dentro da Empresa
> To: " Integração do Projeto Software Livre Bahia "
>       <psl-ba@listas.dcc.ufba.br>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset="iso-8859-1"
> 
> Em 06/02/07, Helton Dória <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> >
> > > 1 - Se eu crio SL dentro da empresa, ele pode ser livre? Ou alguém
> pode
> > > alegar que a empresa possui tudo criado durante o expediente de
> > trabalho?
> > > Talvez seja necessário uma concessão para criar SL dentro de uma
> > empresa.
> >
> > Não é necessário nenhum tipo de concessão. O conceito de SL e a
> > licença GPL não fazem distinção de uso por pessoas físicas e
> > jurídicas.
> 
> 
> Não é questão de uso. É questão de direito autoral. Veja o finalzinho da
> GPL:
> 
> Você também deve obter do seu empregador (se você trabalha como
> programador) ou escola, se houver, uma "declaração de ausência de
> direitos autorais" sobre o programa, se necessário. Aqui está um
> exemplo; altere os nomes:
> 
>    Yoyodyne, Inc., aqui declara a ausência de quaisquer direitos
>    autorais sobre o programa `Gnomovision' (que executa interpretações
>    em compiladores) escrito por James Hacker.
> 
>    <assinatura de Ty Coon>, 1o. de abril de 1989
>    Ty Con, Vice-presidente
> 
> 
> Quanto ao uso, a empresa pode sim criar alguma norma interna que proíba a
> utilização de software fora de uma lista de "software homologados" ou algo
> assim. Mas isso tem que ser combatido/negociado.
> 
> 
> 
> > 3 - Após a criação de algo livre, faz sentido divulgar fora da empresa?
> > Digo
> > > isso, pois parte do código pode ser útil para o mundo externo e parte
> > não
> > > tenha o menor significado. Além disso, existe a preocupação de revelar
> > algo
> > > da empresa que não seja passível de divulgação.
> >
> > Só faz sentido se ele realmente puder ser útil para mais alguém e se
> > não comprometer os dados da empresa (a meu ver, não há motivos para
> > isso acontecer se certas precauções de projeto forem tomadas).
> >
> 
> Sim eu sei. Eu posso separar as coisas publicáveis das impublicáveis em
> códigos separados. É claro que isso pode dar algum trabalho também :)
> Posso
> dar até exemplos!
> 
> --
> EJ
> -------------- Próxima Parte ----------
> Um anexo em HTML foi limpo...
> URL:
> http://mail.dcc.ufba.br/pipermail/psl-ba/attachments/20070206/c53480d4/att
> achment-0001.htm 
> 
> ------------------------------
> 
> Message: 7
> Date: Tue, 6 Feb 2007 17:35:11 -0200
> From: Wagner Saback Dantas <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-BA] SL dentro da Empresa
> To: psl-ba@listas.dcc.ufba.br
> Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=iso-8859-1
> 
> Em 06/02/07, Eric Jardim <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> >
> > Imaginem a seguinte situação:
> >
> > Temos uma intranet corporativa onde existem várias páginas (criadas
> dentro
> > da empresa, o que as tornam, imagino eu, propriedade da empresa).
> >
> > Digamos que eu queira (e a empresa também) desenvolver uma ferramenta
> > livre, com licença GPL, que "cate" informações geradas por estes
> sistemas
> > (eu não estou misturando os códigos). Só estaria colhendo as saídas
> destes
> > sistemas. Ex: ler informações numa página da intranet e gerar
> resultados.
> >
> > Perguntas:
> > 1 - Eu posso de fato fazer isso, sem ferir a GPL?
> >
> >
> > 2 - Mesmo sem ferir a GPL, eu sou obrigado a liberar o código? Mesmo que
> > não tenha utilidade, já que ele depende de saídas proprietárias
> (contexto da
> > empresa?).
> 
> Você pode licenciar sem ferir a GPL desde que você não distribua o
> programa. Se
> distribuir, tem que liberar o código (ou referenciá-lo de alguma maneira).
> Sobre o conteúdo da empresa, deve haver termos de uso do conteúdo dos
> sítios
> internos da empresa, não? Estes termos que devem reger o que você pode (ou
> não) fazer com os dados (usar, copiar, distribuir, processar, etc.).
> 
> > 3 - Mesclando: é possível criar software GPL, usando outros softwares já
> > GPL, e ter software livre dentro do contexto da empresa, mas não
> > divulga-lo (necessariamente) para o mundo externo?
> >
> > Como empresas como Google e Yahoo lidam com isso?
> 
> Acho que o endereço [1] pode lhe dizer isto, Eric. Veja a modalidade
> "Hosted Strategy". Ela se vale deste requisito de não distribuir o código
> que
> está sob GPL e transformá-lo em um negócio lucrativo. Um excerto:
> 
> "In looking at open source business models, it is apparent that service
> providers have much to gain from OSS. They can use GPL-licensed software
> internally without restriction and without the obligation of sharing their
> code modifications. This allows them to leverage open source, and incur
> little
> or no competitive risk. The GPL license allows them to own and keep secret
> the
> intellectual property modifications they create, and as long as they don't
> distribute the software, they don't have to publicly share the
> modifications.
> Using open source allows them to lower costs, while delivering extremely
> reliable enterprise-quality services."
> 
> [1] http://www.itmanagersjournal.com/articles/314?tid=85#TheHostedStrategy
> 
> []'s
> Wagner.
> 
> 
> 
> 
> 
> ------------------------------
> 
> _______________________________________________
> PSL-BA mailing list
> PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
> https://mail.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba
> 
> Fim da Digest PSL-BA, volume 23, assunto 9
> ******************************************

Esta mensagem, incluindo seus eventuais anexos, pode conter informacoes 
confidenciais, de uso restrito e/ou legalmente protegidas. Se voce recebeu esta 
mensagem por engano, nao deve usar, copiar, divulgar, distribuir ou tomar 
qualquer atitude com base nestas informacoes. Solicitamos que voce elimine a 
mensagem imediatamente de seu sistema e avise-nos, enviando uma mensagem 
diretamente para [EMAIL PROTECTED]
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://mail.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a