As duas coisas. A IBM, como qualquer empresa, não está nessa com
objetivos sociais ou humanitários. Ela enxergou uma boa oportunidade
de negócio e a chance de reduzir um pouco da vantagem da concorrência
apostando no SL como um novo filão de mercado.

Assim como ela, outras empresas tb estão fazendo isso. O software
livre (ou seria open source neste caso?) está dando provas de que
também serve como modelo de negócio.

[]'s

Helton

Em 28/03/07, Aurélio A. Heckert<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> Seria o efeito FISL? A IBM vai aparecer lá...
> E parece que eles já decidiram com que cara vão chegar lá.
>
> http://www.ibm.com/br/linux/
>
> "Linux é a plataforma revolucionária de códigos abertos,
>  totalmente estável, escalável, segura e poderosa. E por
>  ser assim, oferece toda a flexibilidade que um e-business
>  precisa para inovar com sucesso. A IBM está orgulhosa
>  em trabalhar junto a essa comunidade, e muito empolgada
>  em poder ajudar Linux a crescer cada vez mais. Agora,
>  liberte seus códigos e seja bem-vindo ao mundo Linux
>  na IBM."
>
> É ótimo ler isso!
> Mas isso não parece com eles... Adaptação ou Momento?
>
> Hasta!
>  Aurium
>
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://mail.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a