"Vicente Aguiar" <[EMAIL PROTECTED]> writes:

> Ao ser questionado sobre a viabilidade do software livre, Claudio
> Padro (um dos coordenadores do Programa Pontos de Cultura do MinC) deu
> a seguinte resposta:

Claudio Prado é um cara legal, mas na minha opinião ele falou muito e
não disse nada. para começar eu odeio generalidades:

"tem pouca gente preocupada com isso [interface]"

o que ele chama de _pouca_ gente? e projetos como KDE e Gnome, para não
citar outros?

"tem gente que não trepa"

who cares?!

"entre essa turma que está aqui [no fisl] e no mundo real precisa de uma
outra turma"

existe um mundo real? ;-)

No final das contas (eu suponho que) ele quis dizer que os envolvidos
com SL não devem ficar presos apenas em particularidades técnicas e
discutir questões mais abrangentes. mas, novamente, esse é o problema
quando pessoas de fora do "movimento" querem dizer como o "movimento"
deve atuar, considerando que não há "movimento". precisa trabalhar
interface? beleza, patrocina alguem ou algum projeto para isso. Quer
discutir sobre as questoes filosoficas (ou o que for)? tranquilo,
promova simposios/foruns/etc. talvez ele não se dê conta que o pessoal
de SL _já_ sabe dessas questões filosoficas e esteja preocupado nas
especificidades porque no fim do dia não se faz software livre só com
bla bla bla.

abraços,

pedro

_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://mail.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a