Sem dúvidas que o gnome atualmente ja eh um _bom_ ambiente de desktop,
mas ele so chegou aqui porque em algum momento planejaram isso. A
curto prazo pouco vai mudar realmente, mas a falta de uma estrategia a
longo prazo sem dúvidas vai diminuir a popularidade do gnome,
principalmente entre aqueles que como eu achavam que a adoção do gnome
como desktop environement padrão por diversas distribuicoes iria
icentivar o seu desenvolvimento.

# Daqui em diante é só minha opnião #

Motivos para um gnome 3 não faltam, relutei muito em usar o gnome
porque sempre achei ele desorganizado, inconsistente, pouco
configuravel e lento, e isso é verdade até hoje no gnome 2.22.2.
Projetos menores como o XFCE, e ate mesmo o KDE, que contam com muito
menos desenvolvedores, estao inovando e minando muito usuário do
gnome.
Me pergunto se, mesmo que a maioria dos softwares escritos em GTK (que
na minha opnião eh muito pior que o QT para desenvolver) e a maioria
das distribuicões o adotando como o ambiente principal, o gnome nao
consegue inovar e sequer se consertar, o que esta fundalmentalmente
errado com ele? nao acredito que seja falta de voluntarios, aposto
meus dois centavos que é a falta de estratégia e a fragmentação
excessiva das partes que formam o gnome que acaba tornando o
desenvolvimento muito mais complexo.
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a