Eu acho que graças a abertura de vários projeto da Sun, provavelmente eles
irão de alguma forma sobreviver. Essa é uma situação que mostrará o quão
confiável, robusto e sólido é o software livre, pois projetos
importantíssimos como o OpenOffice, que não têm rival livre a altura,
precisam sobreviver. O MySQL já foi forkado, o OO me parece que já caminhava
com suas próprias pernas. O Java eu duvido que a Oracle mate, até porque,
seus produtos são fortemente baseados no Java. O Solaris, eu acho que vai
morrer sim, mas a maioria de suas tecnologias inovadoras (ZFS por exemplo)
poderão aparecer em outros projetos. O que mais me assusta é a visão do
Larry Elison, o cara é meio doido e pragmático.

Até mais,

Paulo Estrela
http://tabugado.com
http://pauloestrela.wordpress.com


2009/4/20 Alexandre Moura <alexandre.mo...@gmail.com>

> A vantagem é que os interessados podem pegar o código, criar um fork e
> manter o projeto. Pior são os software proprietários, que viverão, ou não,
> de acordo com as necessidades/vontades da Oracle.
>
> --
> O nosso sacrifício é consciente.
> É a quota a pagar pela liberdade
>                       Ernesto Guevara de la Serna
>
> Linux Counter User #349572 [http://counter.li.org]
>
> _______________________________________________
> PSL-BA mailing list
> PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
> https://listas.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba
>
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a