Em 29 de setembro de 2010 16:36, João Paulo <joaopa...@ya.ru> escreveu:

>  Veja bem, como a marca é simples, é fácil de gravar e se ela aparece numa
>> camisa usada por alguém que vc conhece, acho que fica mais fácil ainda de
>> memorizar. Eu já tomei cafés decorados com uma espiral e liberando vapor e
>> não pude deixar de lembrar da Debian e da Java. Esse é o propósito de uma
>> logo bem feita, ser fácil de lembrar para aumentar o mindshare da marca.
>>
>
> O mindshare vem a partir de coisas do cotidiano comum, e não de outras
> marcas. É como meu celular Nokia e meu modem 3g Aiko. Você vai olhar e
> falar: Que cópia bizarra.
>
> Bem, pesquisando por definições na Internet sobre mindshare eu encontrei:


   - Informal 
measure<http://www.businessdictionary.com/definition/measure.html>of
the
   amount <http://www.investorwords.com/205/amount.html> of talk, mention,
   or reference<http://www.businessdictionary.com/definition/reference.html>an
idea,
   firm <http://www.investorwords.com/1967/firm.html>, or
product<http://www.businessdictionary.com/definition/product.html>generates
in
   public <http://www.investorwords.com/3930/public.html> or
media<http://www.businessdictionary.com/definition/media.html>
   .
   - Mind share, or the development of consumer awareness or popularity, is
   one of the main objectives of advertising and promotion. When people think
   of examples of a product type or category, they usually think of a limited
   number of brand names.
   - A consumer's awareness of a particular brand or product compared to
   that of its rivals


Então, o mindshare vem de qualquer coisa que lhe faça recordar de uma marca
específica em detrimento de outras. E se eu olhar pra um modem 3G da Aiko e
lembrar da Nokia, significa apenas que a marca da Nokia é mais forte na
minha cabeça (o que pra Nokia seria excelente), ou seja, ela tem um
mindshare maior que a Aiko.


> Agora, quando você fala de tomar um café (java), vê alguém com um chapéu
> vermelho (red hat), um cavalo empinando(ferrari), duas mãos se encontrando
> (nokia), não vai se lembrar de marcas que já passaram por sua mão.
>
> Não entendi bem a senteça acima. Pq eu não lembraria?


> Não há correlação entre mindshare e cópia de logomarca. Eu quero que
> lembrem da minha logo quando olhem pra natureza (exemplo, um camaleão), mas
> não quando olhem pra outra empresa.
>

Bom, mindshare tem relação com qualquer coisa que te faça lembrar de uma
marca. E se eu tivesse uma empresa, sim, eu ia querer que as pessoas se
lembrassem da minha marca quando vissem a do meu concorrente. Significaria
que a minha marca seria mais forte. O que eu não iria gostar é os
consumidores lembrassem da marca de um concorrente ao olhar pra minha.

No caso em que estamos discutindo, as marcas tem diferenças suficientes para
não serem cópias e as empresas não são concorrentes. Na verdade, até que se
prove o contrário, não existe sequer provas de que a pessoa que fez a logo
do Griô tenha se baseado (ou copiado) a marca da Debian ou da
SUSE/OpenSUSE.

Abraços,

Helton
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a