Celso,

Faça o esboço/rascunho fático, que complemento com o jurídico.
Não vejo no MP (MPE e MPF) a mesma compreensão dos assuntos relativos a TI
que existe no meio dos advogados, dos magistrados e em outros órgãos
públicos. E veja que o MPF da Bahia tem um dos autores/pesquisadores mais
capacitados na matéria, dentro e fora do MPF (Vladimir Aras).

IMPORTANTE: Assinarmos juntos não é problema, mas a representação é um
*processo
administrativo*, em que há um "representante" (pessoa física ou jurídica) e
um "representado", cujo responsável legal responderá ao processo
administrativo. Quem serão representante e representado? Você e o próprio
MPF? Talvez o procedimento não seja de representação, mas um *pedido de
providência,* ou equivalente. E talvez o requerente não deva ser um próprio
servidor do órgão.

[]s

Eurípedes

Em 6 de julho de 2011 04:18, Celso Macêdo <celso...@gmail.com> escreveu:

> Estava pensando em entrar com uma representação no MPF (local onde
> trabalho)

[...]
> Precisaria de ajuda para dar um arcabouço jurídico e aumentar a quantidade
> de argumentos, citando princípios constitucionais e princípios do direito
> administrativo.
> [...]
> Com a palavra, os juristas da lista.
>
> Em 4 de julho de 2011 09:09, Alexandre Moura 
> <alexandre.mo...@gmail.com>escreveu:
>
>> Muito órgãos usam o BR/Open/Libre Office, mas sempre usando o formato M$
>> como padrão de documentos para manter a "compatibilidade" com suítes
>> proprietárias (leia-se M$ Office).
>>
>
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a