Rafael Gomes escreveu isso aí:
> Como de costume, teremos duas salas, uma voltada para as pessoas
> interessadas na área de desenvolvimento e uma especializada em
> infraestrutura.

Eu tenho acompanhado bastante coisa do movimento DevOps. Em parte em
função disso, e em parte em função de uma intuição que eu já tinha desde
antes de ficar sabendo que DevOps existia, eu acho que essa separação é
uma furada.

Quem é desenvolvedor e não se interesse por infraestrutura não vai
conseguir desenvolver software robusto que funciona em ambientes
realistas, nem projetar sistemas que sejam viáveis de implantar e
escalar.

Quem trabalha com infraestrutura e não se interessa por desenvolvimento
perde a chance de promover automatização extrema (infrastrutura pode ser
código -- vide sistemas de gestão de configuração como puppet, chef
etc), e está sujeito a trabalho manual desnecessário.

No final das contas, desenvolvimento e operações são dois perfis
complementares.

Minha sugestão prática: ao invés de separar, vocês podem tentar agrupar
as palestras por temas que não necessariamente separem desenvolvimento
de infraestrutura: web, desktop, processemento de alto desempenho, ...

-- 
Antonio Terceiro <terce...@softwarelivre.org>
http://softwarelivre.org/terceiro


Attachment: signature.asc
Description: Digital signature

_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a