Acho que devemos começar a mobilizar presenças nas redes sociais divulgando
este retrocesso, iniciar um abaixo assinado digital (não sei como se faz
isso ...), e enviar a parlamentares, solicitando que cobrem informações
destas medidas recentes praticadas por estes orgaõs públicos. Se a
mobilização for forte o suficiente, quem sabe não se abra uma CPI para
investigação do assunto, ou quem sabe algum parlamentar ou entidade de
classe não entre com um pedido junto ao MP denunciando essas medidas
predatórias do patrimônio público e que vem de encontro com várias
políticas públicas de incentivo ao uso do software livre.

att,

Joacir Ferreira


Em 27 de junho de 2012 10:58, Marcelo Soares Souza
<marc...@juntadados.org>escreveu:

>  Agora é a COBRA (Banco do Brasil) que faz novos acordos (dispensa de
> licitação) com a Microsoft
>
>  http://www.capitaldigital.blog.br/?p=13115
>
>  É preciso voltarmos a nos mobilizar e cobrar o retorno às políticas
> voltadas a adoção de Software Livre pelo Governo Federal. Existe casos
> também no SERPRO de retrocesso.
>
>
> https://conteudoclippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2012/4/12/serpro-entra-na-mira-do-mpf
>
>
> >  Walter Pinheiro, esta sumido, mas sempre levantou a bandeira. Tem
> > gente na lista que tem contato mais próximo
>
> --
> Abraços
> Marcelo Soares Souza
> http://marcelo.juntadados.org
> _______________________________________________
> PSL-BA mailing list
> PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
> https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba
>



-- 

Atenciosamente,

Prof. Joacir Ferreira
Doutorando em Difusão do Conhecimento - DMMDC - UFBA
Área de Informática
IFBA – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia -
Campus Santo Amaro
http://lattes.cnpq.br/1026500784646357
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.dcc.ufba.br
https://listas.dcc.ufba.br/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a