[EMAIL PROTECTED] escreveu isso aí:
> Estamos pecando pelo excesso de brio. Niguém quer ser tachado de arrogante,
> prepotente ou pavão, mas alguém tem que tomar a iniciativa e dizer os
> termos em que a representação foi escolhida - depois de escolher!
> Estamos vivendo o lado ruim da liberdade(excesso) em que as coisas deixam
> de funcionar por falta do mínimo de burocracia.
> Ou a gente amadurece ou apodrece. A árvore das oportunidades tem que dar a
> vez para outros frutos.

A falta de representação (que a maioria insiste em ver como um problema)
não tem nada com isso. Com relação ao caso específico do III Festival,
o problema é a falta de atitude.

Infelizmente, sempre os mesmos poucos metem as caras pra fazer as coisas
acontecerem. E quando esses poucos se apertam com trabalho, estudo,
família, etc, ou mesmo se desgastam com o acúmulo brutal de trabalho --
voluntário -- que essas coisas acarretam (por que sempre tem pouca gente
pra fazer) não aparece mais ninguém pra ajudar.

Tudo seria muito mais fácil se mais gente ajudasse.

Com relação à representação (mas também tem a ver com essa questão da
perticipação), sugiro um texto para reflexão:
http://www.rits.org.br/redes_teste/rd_estrutalternativa.cfm
É um pouco longo, mas vale à pena.

-- 
Antonio S. de A. Terceiro <[EMAIL PROTECTED]>
http://www.inf.ufrgs.br/~asaterceiro
GnuPG ID: E6F73C30


_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.im.ufba.br
https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a