Nem se preocupe, vicente. Fui por ter sabido que meu nome estava na programação.
Mas fiquei sabendo antes de sua divulgação aqui.

Conheço Tininha e achei tudo uma pena, já que, concordo contigo, a proposta
pareceu interessante e pertinente.

Abraços cordiais,

Fábio.

Citando Vicente Aguiar <[EMAIL PROTECTED]>:

> Puuuuuutz, fabio!!!! :-0
>
> Velho, estou aqui paralisado com essa informação... :-(
>
> Tomei a iniciativa de divulgar esse evento pela suposta qualidade do
> conteúdo e articulação do pessoal. Mas, caraaaaaamba!! Jamais
> imaginaria que algo desse nível poderia acontecer!!! Até estranhei que
> a galera do PSL-Ba na sua maioria não estava sabendo, mas jamais
> imaginei que algo, assim, poderia acontecer...
>
> Na verdade, apenas recebi um email da Tininha Ilanos (que acho que
> estava na organização do evento), achei a proposta muito legal e por
> isso tentei articular via Web o PSL-Ba, postando a programação no
> "Notícias". Não tive nem condições de ir para verificar, pois estava
> (e ainda estou) completamente imerso em trabalhos, em pleno mês de
> janeiro...
>
> Peço desculpas à você e a toda a galera do PSL-Ba por não ter me
> informado melhor sobre o evento e ter me precipitado na divulgação sem
> saber ao certo a real procedência... foi mau!!! Fica o aprendizado...
>
> É realmente uma pena que tudo isso tenha acontecido! Mas, quem sabe
> fica pelo menos a idéia de se fazer um evento dessa natureza, porém
> com compromisso e responsabilidade que o tema merece. ;-)
>
>  Bola para frente...
>
> PS: Estou mandando uma cópia do seu email para a Tininha...
>
> --
> Vicente Aguiar  :-)
>
> BanSol - Associação de Fomento À  Economia Solidária.
> www.bansol.ufba.br    [EMAIL PROTECTED]
>   Tel: (71) 3263 7369
> =================================
> Nós usamos Software Livre!!!
> www.EcoSol.SoftwareLivre.org
> Sistema Operacional: Debian Gnu/Linux 3.1
> http://www.debian.org.br
>
>
> Cara, essa é a última vez que divulgo que não estou organizando!!! Estou aqui
> Em 30/01/06, [EMAIL PROTECTED]<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > Pois então,
> >
> > fiquei sabendo desse evento através de minha namorada, que viu meu nome na
> > programação e me avisou. Eu não sabia de nada, pois não fui convidado nem
> > contatado sobre se seria possível minha participação no referido evento. Na
> > programação meu nome foi divulgado através de meu apelido entre os amigos,
> > fabim.
> >
> > Apesar da descortezia da desprodução, fui assim mesmo, num domingo
> escaldante e
> > belo de praia, às 14 horas, ao local do evento. Antes de ir liguei para
> Sapoti
> > (membro do Ponto de Cultura Escologia), que também deveria compor a mesa
> comigo
> > [pelo menos era o que dizia o cartaz], para saber se ia acontecer mesmo.
> Ele
> > estava indo, e demonstrou insatisfação com a forma instrumental como os
> > organizadores do evento (quem eram mesmo?? Ninguém sabia dizer, salvo que
> > Balbino parecia ser o articulador) trataram o Escologia, parecendo que só
> > estavam afim mesmo de conseguir e utilizar o espaço... Bom, o fato é que
> Sapoti
> > iria, sem lá muito boa vontade, e nos encontraríamos lá.
> >
> > Quando estava chegando no Parque de Pituaçu encontro Rodrigo Kauka (Kabum)
> > voltando da praia. Dei uma parada pra lhe dar carona achando que ele fosse
> pro
> > Escologia. Ele disse que não. Falei da mesa, e de que estava indo apesar de
> não
> > ter sido convidado, mas meu nome constava na programação (afinal, eu devia
> minha
> > presença ao menos para aqueles que lá fossem para me ouvir falar). Kauka
> disse
> > que o nome dele também estava na programação (numa oficina), mas ele não
> foi,
> > já que também não houvera sido convidado!
> >
> > (Sinceramente, com toda boa vontade, ainda imaginei que, quem sabe?, esta
> > história de não terem feito contato comigo e colocarem meu nome na
> programação
> > poderia ser uma forma alternativa de convite: iriam aqueles participantes
> que
> > fizessem parte de uma certa comunidade, o que seria confirmado caso
> ficassem
> > sabendo do evento  através da circulação da informação, virtualmente ou
> > boca-a-boca: seria uma forma diferente e inusitada de conexão?!)
> >
> > Bom, chegando no Escologia encontro com um amigo (Wallace) sentado sobre as
> > árvores, já pra mais de 14:30, o portão do Escologia fechado e, segundo
> ele,
> > Balbino lá dentro. Sequer entrei! Ficamos até depois das 15 horas e não
> > apareceu absolutamente ninguém! Dali mesmo fui embora, sem sequer me
> dirigir à
> > parte interna do Escologia, certo de que, a produção alternativa vai bem,
> já
> > que continua enclausurada no alternativo, presa a inoperâncias, à falta de
> > responsabilidade e delicadeza com os convidados, amadora e deslumbrada com
> o
> > suposto poder das conexões e do status de realizador/produtor (ideologia
> "gente
> > que faz"). O título da mesa para a qual fui escalado era "A idéia e a
> produção
> > cultural alternativa". Pensei em falar dum conceito de minha autoria
> > ["tecno-armengue: produção cultural low-tech"] e contrapô-lo ao que parecia
> ser
> > a produção do próprio evento: apenas um armengue, no sentido pejorativo da
> > palavra.
> >
> > É uma pena que estejamos jogando fora oportunidades interessantes de
> realmente
> > criar uma outra margem de possibilidades na produção cultural local,
> > principalmente no que concerne a discussões inteligentes, críticas e ações
> > conjuntas e ARTICULADAS pertinentes ao desejo de resistência que, talvez,
> nos
> > una para a dispersão intrínseca e necessária ao resistir. Pelo visto, o
> acesso
> > às tecnologias de comunicação [fazer cartaz bonitinho, divulgar em listas,
> > inventar nomes interessantes], o boom propagandístico dos grupos autônomos
> > [faça-você-mesmo] e a técnica da captação de recursos [projetinhos escritos
> > para editais vistos como oportunidade!], ao invés de empoderar grupos
> > "alternativos" e transformar o status quo da cena da produção cultural
> local,
> > está criando um ôba-ôba que certamente dificultará cada vez mais que
> consigamos
> > a moral e a legitimidade social que supomos ter! Claro, eu sei, não dá pra
> > generalizar... Graças a nós!
> >
> > Foi péssima essa, galera!
> >
> > Cordiais abraços,
> >
> > Fábio Giorgio Azevedo.
> > +
> >
> > Citando Vicente Aguiar <[EMAIL PROTECTED]>:
> >
> > > Pessoal;
> > >
> > > Este evento vai ser bem legal!! :-)
> > >
> > > Matutaí: cultura, comunicação e sociotecnologia.
> > >
> > > http://twiki.im.ufba.br/bin/view/PSL/Noticia20060124154003
> > >
> > > Apareçam!!
> > >
> > > --
> > > Vicente Aguiar  :-)
> > >
> > > BanSol - Associação de Fomento À  Economia Solidária.
> > > www.bansol.ufba.br    [EMAIL PROTECTED]
> > >  Tel: (71) 3263 7369
> > > =================================
> > > Nós usamos Software Livre!!!
> > > www.EcoSol.SoftwareLivre.org
> > > Sistema Operacional: Debian Gnu/Linux 3.1
> > > http://www.debian.org.br
> > > _______________________________________________
> > > PSL-BA mailing list
> > > PSL-BA@listas.im.ufba.br
> > > https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba
> > >
> >
> >
> >
> >
> > ----------------------------------------------------------------
> > This message was sent using IMP, the Internet Messaging Program.
> >
>




----------------------------------------------------------------
This message was sent using IMP, the Internet Messaging Program.
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.im.ufba.br
https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a