Colé Ugo, bom te ver "por aqui". ;)

Ugo Sangiorgi escreveu isso aí:
> Seguindo o mesmo principio de "eu posso fazer o que quiser com o código,
> fechar e vender se for o caso", eu também posso distribuí-lo (os plugins
> deles) sob a GPL, tudo junto na minha aplicação...

Não, não pode.  O texto da licença [0] diz que você pode 'distribuir
comercialmente' *binários*.

0. http://www.eclipse.org/legal/epl-v10.html

"When the Program is made available in *source code form*:

 a) it must be made available under this Agreement; and
 b) a copy of this Agreement must be included with each copy of the
    Program."
(grifo meu)

Ou seja, a EPL é uma licença copyleft também, e por princípio
incompatível com a GPL. Se o seu código *usa* código licenciado sob EPL
(i.e. biblioteca), você pode licenciá-lo sob GPL incluindo uma exceção
[1] na mensagem de copyright que permite distribuir o seu código ligado
às bibliotecas licenciadas sob uma licença imcompatível com a GPL.

1. http://www.gnu.org/licenses/gpl-faq.html#GPLIncompatibleLibs

Agora se o seu código for *derivado* de código licenciado sob EPL, aí
não tem jeito, ele tem que EPL.

Terceiro - levantando a mão (eu já usei o Rox ;))

-- 
Antonio S. de A. Terceiro <[EMAIL PROTECTED]>
http://www.inf.ufrgs.br/~asaterceiro
Projeto PROSOFT - http://www.inf.ufrgs.br/prosoft/
GnuPG ID: E6F73C30


_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.im.ufba.br
https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a