2006/6/1, Alexandre Moura <[EMAIL PROTECTED]>:
 "É mais ou menos assim que os hackers imaginam as suas vidas. Quando eles
entram nos sites das empresas e fazem estragos, isso os faz sentir como o
personagem Neo, do filme Matrix"

"Não é possível unir as palavras 'hacker' e 'ética', dada a natureza das
atividades destes indivíduos", comenta.

Rídiculo. Esse cara bem que poderia assistir a palestra de Lucas sobre
Cultura Hacker.

Ou a gente poderia bater com a trilogia de Castells (A Sociedade em
Rede) bem na cabeça dele. Garanto que ia doer bastante. :-)

É óbvio que esse cara não sabe do que está falando e/ou queria apenas
fazer uma matéria sensasionalista.


Em 31/05/06, Tiago Bortoletto Vaz <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
>
 Dentre outras:

"- Hacker: imagine uma comunidade virtual de hackers espalhada mundo
afora. É dentro dela que muita gente procura fama ou reconhecimento,
quando invade sistemas on-line. A princípio, o hacker só que divertir-se
às custas de alguém. Comete o vandalismo virtual por prazer;"

http://www.atarde.com.br/especiais/profissoes/guia_hacker.php

 --
Tiago Bortoletto Vaz
http://tiagovaz.org


--
Krishnamurti Lelis Lima Vieira Nunes
Ciência da Computação - UFBA
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.im.ufba.br
https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a