Em Ter, 2006-07-11 às 12:40 -0300, Pedro Kröger escreveu:

> em segundo lugar, acho ótimo que tenha um dos desenvolvedores do linux
> preview aqui na lista para tirar duvidas, esclarecer pontos e ouvir
> sugestoes.

Embora isso não signifique tanto nessa thread, membro do ubuntu
também ;-)

> sobre o preview linux, eu fiquei contente em saber que ele é feito a
> partir de uma distribuição estabelecida e não é uma gambiarra feito do
> nada ou em cima de outra gambiarra como eu tenho visto por ai. eu vi o

A primeira versão do linux preview era um remaster do kurumin. Fizemos a
modificação do sistema para usar o gnome, mas não era uma base estável e
não havia uma política consistente de repositórios, atualizações e
segurança. Foi uma decisão acertada irmos para o ubuntu.

> preview linux a algum tempo atras no computador de um amigo meu e achei
> o tamanho dos icones grande demais. achei que era algum problema de
> resolução, mas depois de ver isso em outros computadores vi que o tema
> era assim mesmo. espero que eles tenham mudado isso.

Por incrível que pareça, recebi feedback positivo quanto a isso.

Em primeiro lugar, o tema é vetorial. Ele não fica bem em telas
pequenas, isso é fato.

O caso é que o linux preview usa como default a resolução de 1024x768
(afinal, ele é primariamente distribuído em computadores novos), o que
dá aos ícones aproximadamente o mesmo tamanho que os ícones do windows
3.1 tinham nas telas da época, o que dá uma boa proporção.

Há cerca de dez anos atrás, foi implementado um webmail no provedor que
eu estava na época, chamava-se PROVIDER. A grande diferença em relação
aos outros era que as fontes eram muito maiores que os zipmail e bol da
época, terra e congêneres. 

O webmail era bastante elogiado, justamente pelas fontes maiores. Eu
tinha uns dezoito anos, e visão de águia, mas meus clientes não :-) Nem
todo mundo enxerga tão bem quanto os designers que fazem os sites. Por
isso os ícones um pouco maiores do que o default do gnome e do kde (que
ficam bem em 800x600).

> mas o problema é mais em cima. os proprios vendedores e o pessoal da
> assistencia tecnica nao acreditam no linux. toda vez que vou la para
> fazer algo no computador eles ficam surpresos de ver que estou rodando
> (somente) linux. acho que o principal que falta é _educação_ (note que
> nao estou falando de evangelismo) para que os usuarios possam saber
> quais as vantagens do linux, quais as diferenças com windows, etc.

Bom, infelizmente é um pouco mais complicado mudar a cultura das
pessoas. Os vendedores usam o Linux nas lojas, e alguns são entusiastas.
Outros, simplesmente se recusam a aceitar a coisa. 

A lista de usuários do openoffice está cheia de casos de empresas que
tentaram migrar do microsoft office para o openoffice, e deu problema
demais. Assim que disseram "vamos mudar de volta para a mais nova versão
do microsoft office", mudavam o splash, os nomes e os ícones do
openoffice, tudo ia bem. 

> esse é um ponto que as lojas em geral podem fazer melhor, e que imagino
> que os psl possam ajudar.


-- 


[]s
Alexandre Strube
[EMAIL PROTECTED]

_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@listas.im.ufba.br
https://listas.im.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a