Em Sex 17 Ago 2007, Helton Dória escreveu:
> [corta]
> Não precisa ser pesado pra ser relacional, vc já ouviu falar do HSQL
> DB? É um SGBD relacional que gerencia até 8GiB de dados e ocupa menos
> de 100k. E o melhor de tudo é que está sendo usado pelo OpenOffice
> como solução de gerenciamento de dados, ou seja, quem tiver OpenOffice
> já tem o HSQL instalado na máquina. Pra saber mais sobre ele, visite o
> site em http://hsqldb.sourceforge.net/.

Destaco também o SQLite: http://www.sqlite.org/, que é relacional, tem suporte 
a transações (ACID) e triggers, guarda toda a base em um arquivo e é embutido 
na aplicação que o utiliza (nada de um processo servidor com clientes 
conectando). Se sua aplicação comporta mecanismos de persistência que não são 
base de dados relacionais, o SQLite com certeza também atenderá às suas 
necessidades. Veja também: http://www.sqlite.org/whentouse.html

O pacote debian sqlite3 tem 22,1 KiB e a libsqlite3-0 tem 205,1 KiB.
É portável e capaz de trabalhar com bases de até 2 TiB, mas como a base fica 
em apenas um arquivo, vale o limite do sistema de arquivos em uso, que as 
vezes não passa de 2 GiB :(.

Ao invés de desenvolver aplicações do zero, talvez seja mais efetivo portar 
uma existente para o SQLite. Eu sei que coisas em Perl são facílimas de 
portar entre BD's, imagino que em PHP e outras linguagens seja fácil também.

[]'s
Gilmar
_______________________________________________
PSL-BA mailing list
PSL-BA@mail.dcc.ufba.br
https://mail.dcc.ufba.br/cgi-bin/mailman/listinfo/psl-ba

Responder a