On 02/06/2006, at 16:17, Alexandre Oliva wrote:
Alexandre Oliva
É impressão minha ou o cara pensa que qualquer licença CC pode ir no
site dele?  Ou ele tá só pedindo processos na cabeça dele? :-)

Oi Alexandre, desculpe-me a ignorancia, mas eu penso isso mesmo. Vc
acha que é pedir processo na cabeça? Pode me explicar por quê?

Porque entendo que o CC tem mais licenças do que aquelas que estão
anunciadas como Core licenses, e que algumas delas não permitam
publicação ou redistribuição.  Porém, uma rápida investigação no site
do CC não me levou a nenhum indício nesse sentido, então estou em
dúvida se mudaram a política ou se eu tinha informação errada.  Vou
procurar me informar melhor.  Desculpe pelo alarme que pode ter sido
falso.

Ok, vamos entao para o bem de todos atrás dos fatos, o resumo abaixo diz respeito a mais restritiva das licenças CC (by-nc-nd) em suas diferentes versões, os links seguem tb para quem quiser ler na integra:

Attribution Non-commercial No Derivatives (by-nc-nd) 2.5, 2.0, 1.0
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/legalcode
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/legalcode
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/1.0/legalcode

---
[...] 3. License Grant [...] Licensor hereby grants You a worldwide [...] license to exercise the rights in the Work as stated below: [...] to reproduce the Work [...] to distribute copies or phonorecords of, display publicly [...] and perform publicly by means of a digital audio transmission[...]

[...]4. Restrictions [...] You may not exercise any of the rights granted to You in Section 3 above in any manner that is primarily intended for or directed toward commercial advantage or private monetary compensation.
---

São os pontos mais importantes, e ao meu ver, ok no caso do CCHits, depois tem outros detalhes especificos mas boils down in the end em dizer que se vc estiver usando p/ fim comercial(o que nao é o caso no CCHits) eles podem coletar royalties.

IANAL, mas pela minha experiencia posso dizer que é bem diferente do caso do Napster e que a principio nao ha nada de errado em listar as musicas num "blog" coletivo, vamos chamar assim... tivemos gente do board CC participando do time de testes durante o desenvolvimento e mesmo quando o topico nas discussoes era sobre o dropdown menu, a legalidade da coisa nunca foi levantada, outros sites na mesma linha como o CC365 http://cc365.org/ e o Starfrosch http://starfrosch.ch/ tb blogam links de mp3 indicando a licença usada já ha algum tempo e nunca soube de terem sofrido algum tipo de harassment ou discussão neste sentido da legalidade.

É claro que nao custa se prevenir, ficar atento e monitorar o que andam submetendo no sistema, mas acho que o mais importante é pensar nas possibilidades que um repositorio desses abre para as pessoas e bandas, nao nas picuinhas e/ou deixar de tocar a ideia pra frente por medo de advogados.



(lembrando que o site nao hospeda musica, nao vende nada e nao
modifica a obra de ninguem)

Napster também não hospedava, se entendi direito como funcionava
(nunca usei!), e nem por isso escapou de processos fabulosos.

E verdade, quem é cumplice de uma atividade ilegal pode sofrer processo do mesmo jeito. Não hospedar pode aliviar um pouco no caso de um processo, mas nao te exime da responsabilidade pelo que é publicado no site.


por favor quem puder testar este e me dizer se ele tb congela o
firefox

Não congelou, mas não cheguei a tentar tocar músicas.

A ideia de ter um link direto pro mp3 do lado do nome da musica é justamente dar a liberdade pro usuario consumir do jeito que preferir, seja arrastando pro player que ele usa ou seguindo o link pelo browser mesmo e deixando a helper application que ele tiver como default cuidar do resto.

Sim, o site usa flash para tocar as musicas de dentro da pagina, mas
é apenas uma firula prática que quebra um galho para quem tem o
plugin,

E pra quem não tem, ou não tem um que funcione a contento (já que os
livres ainda estão correndo atrás)?

Para estas pessoas existem outras opcoes como o link direto do mp3, o m3u ou mesmo o xspf (ouvi dizer que o amaroK suporta, nao testei). Eu uso como opção embeded o player em Flash por um único motivo: base instalada. Se vc souber de uma forma de substituir pelo embed de outro player mais universalmente aceito, estou aberto a propostas.


Falando em formatos indesejáveis, alguma chance de o site promover o
uso de formatos de áudio que não exijam licenças de patentes para
codificação ou decodificação?  mp3 é uma escolha bem infeliz nesse
sentido, especialmente considerando que Ogg Vorbis tende a oferecer
melhor relação qualidade/espaço e foi projetado de modo a evitar
patentes que pudessem exigir o pagamento de royalties.

O dia que existir um player web based com supporte a Ogg que funcione tao bem e de plugin tao popular quanto as opcoes que temos hoje para mp3, serei o primeiro a adotar e promover. Porém o objetivo principal do site é divulgar música, não fazer cruzada anti formatos proprietários, para isso ja temos outros tantos e bem melhores. O formato que melhor se enquadra neste objetivo *hoje* é queira ou nao queira o mp3.


Obrigado pela atenção, parabéns pelo site, e mais uma vez desculpe
pelo possível alarme falso.

Eu é que agradeço, acho bem proveitosa este tipo de discussão, principalmente quando o foco é mais nos beneficios e possibilidades que podem resultar para pessoas do mundo real. Disputas ideológicas e discussoes filosóficas são importante e eu particularmente gosto delas tb, mas nao podemos deixar isto afetar nossas vidas ao ponto de nos tornarmos inflexiveis.

[]s
Fabricio Zuardi


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a