-----BEGIN PGP SIGNED MESSAGE-----
Hash: SHA1

Olá!

Cláudio Sampaio escreveu:

> "Pode" trabalhar? Aí você está dando uma óptica totalmente diferente. O
> que ocorre é o seguinte: como você mesma demonstra citando Capra e Jung,
> homens e mulheres têm, em geral, forças e fraquezas diferentes. Os
> homens, por exemplo, parecem ter melhor facilidade de se guiar em mapas
> e de rotacionar objetos mentalmente. O que isso quer dizer é só que em
> média, de uma amostra aleatória de homens e mulheres sem treinamento
> especial, mais homens tirarão nota boa em um teste de rotação mental de
> objetos e facilidade de guiar em mapas do que as mulheres, assim como,
> se pegarmos uma amostra aleatória de homens e mulheres, a altura média
> dos homens será maior que a das mulheres.

Em compensação, as mulheres são mais capazes de avaliar como interagem
partes isoladas de um todo (usando um exemplo teoricamente machista,
como os filhos se comportam entre si). Traduzindo isso para o mundo da
informática, elas são mais capazes de interagir no paradigma OO
enquanto o homem ainda pensa mais no paradigma estrutural. :-P

> Pois eu tenho uma surpresa pra você, o paradigma do "cérebro masculino"
> e "cérebro feminino" é uma verdade tão forte e comprovada que já se
> tornou parte integrante da ciência cognitiva, sem grandes contestações
> exceto em uma ou outra conclusão minuciosa de alguma pesquisa com
> metodologia falha. É sabido que homens e mulheres têm mentes diferentes
> em geral, e me espanta estar contestando isso se você mesma implicou
> esse mesmo fato nas suas citações.
> 
> E convenhamos, os "homens" não estão tentando provar que algo é verdade
> ou mentira. Não existem "os homens" no sentido de um complô contra as
> mulheres, e se existem homens machistas também existem mulheres machistas.

Acho que o que está em discussão aqui não é se homens ou mulheres
possuem cérebros diferentes. Você mostra-se como alguém que acha que
tudo é genético (ser gay é genético, mulher não mexe bem com comps por
causa da genética...), mas tou com as Chix: acredito que a diferença
maior é que mulheres em geral NÃO MEXEM com computador por do nosso
paradigma social muito WAMP (White/Anglican/Man/Protestant). Não
sugiro uma revolução radical, mas sim uma evolução.

Minha irmã mexe com todo tipo de programa (embora ainda esteja
tentando a convencer a usar GNU/Linux :-P). Usa GIMP, BrOffice.org,
Firefox sem problemas. Pelos papos que temos ela acabou conhecendo um
pouco de programação e banco de dados. Atualmente está fazendo técnico
de logística e não ficou nem um pouco espantada quando o professor
dela apresentou o BrOO (pois ela usava aqui em Minas... :p)

> Se 50% da população é homem e 50% é mulher, e 50% dos cargos de chefias
> são ocupados por homens e 50% ocupados por mulheres, temos injustiça.
> Por quê? Porque os homens, segundo os pressupostos acima, têm duas vezes
> mais representantes de "capacidade de liderança" do que as mulheres. No
> entanto, conseguem duas vezes menos essas vagas, dado que apesar da
> quantidade igual têm proporção igual à das mulheres. Se temos 1000
> pessoas e 90 vagas de chefia, 45 homens e 45 mulheres as ocuparam; no
> entanto, temos (60%*500=)300 homens com capacidade de liderança e apenas
> (40%*500)200 mulheres com capacidade de liderança. Apenas 15% dos homens
> com mesma capacidade que as mulheres conseguiu vagas, enquanto a
> porcentagem das mulheres foi de 22,5%.

Patola, sinto muito, mas você agora deu uma bola fora:

Primeiro, (ainda) não foi comprovado nada de "gene da liderança";

Segundo, mesmo que isso exista, existem teorias (behaviorismo) que
determinam que o ser humano não é um computador pré-programado.
Existem /algumas coisas/ que "saiem de fábrica", mas aqueles que a têm
precisam a desenvolver, e aqueles que não as têm podem as desenvolver
como uma forma alcançar objetivos sociais-econômicos ou de realização
profissionail.

> Essa distribuição ocorre, inequivocamente, em muitas carreiras. Temos
> mais enfermeiras mulheres do que homens por uma mistura de razões
> culturais e inatas, e é bom até que a nossa cultura se adeqüe mais a não
> querer exigir que a pessoa seja mulher para o cargo, no entanto o
> interesse e as aptidões advindas das diferenças intrínsecas, inatas
> entre homens e mulheres farão com que, dada uma cultura neutra, haja
> sempre mais mulheres do que homens.

OK... Mas o que define uma cultura neutra?

Sei que parece uma pergunta boba, mas é importante traçarmos o
significado disso.

O fato de haver mais enfermeiras mulheres é que elas possuem *algum
grau* de aptidão, mas não que elas sejam *melhores* para isso que o
homem. De fato, já vi bons enfermeiros homens. Ter trabalhando em um
pronto socorro me deu essa visão de vida.

> Ué, claro. Mas agora sou eu que digo, você não entendeu o que eu disse?
> Estou falando especificamente dos prêmios que o Google criou "só para
> mulheres". Se você disser que acha que a distribuição tem que ser mais
> equilibrada, eu volto ao argumento que isso é questão de interesses e
> capacidades individuais e sua distribuição entre os sexos e caímos no
> caso que eu expliquei: se "forçarmos", numa área em que há diferença de
> distribuição entre os sexos, igualdade numérica, estaremos cometendo
> desigualdade, vide meu exemplo de 1000 pessoas.

Patola. A questão de cotas não pode ser entendida como uma política
permanente, mas sim como uma política de equalização... É como a
questão do Computador Para Todos: é uma política para equalização de
uma desigualdade já existente.


- --

Obrigado!

Fabio Emilio Costa   Borda da Mata - MG - Brazil       ICQ #:173799674
[EMAIL PROTECTED]                             Nick:SamWeasley
Jabber: [EMAIL PROTECTED]            MSN: [EMAIL PROTECTED]
Yahoo! Messenger:hufflepuff0305      Linux User #416439(counter.li.org)

Orkut Profile: www.orkut.com/Profile.aspx?uid=16619557238254357700
Blog: www.livejournal.com/users/fabiocosta
"Copie. Seja Legal. Não seja trouxa! Use Software Livre!"
-----BEGIN PGP SIGNATURE-----
Version: GnuPG v1.4.2.2 (GNU/Linux)
Comment: Using GnuPG with Mozilla - http://enigmail.mozdev.org

iD8DBQFEnpXaUfTz4jSwcAIRAjpeAJ98Hrsbg9Ux4cqDC4GO8dX1nUNn9gCeI3+5
n3OmUmPEnvZ+tbvmKJMWXYU=
=c7+M
-----END PGP SIGNATURE-----
begin:vcard
fn;quoted-printable:F=C3=A1bio Emilio Costa
n;quoted-printable:Costa;F=C3=A1bio Emilio
email;internet:[EMAIL PROTECTED]
version:2.1
end:vcard

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a