Eu acho esse tema muito forte e já estou incutindo na cabeça dos meus
alunos que o principal problema da nossa sociedade são os direitos
autorais. Li uma vez na carta capital que o problema com os direitos
autorais está em processos movidos pelo cantor Bono e o Waldisney (não
tenho informações precisas). Mas eu acho que não pode uma pessoa ficar mais
de 40 anos com direitos sobre uma propriedade. Estou colocando que 10 tá
bom demais para uma propriedade ficar fechada.
A solução para pirataria de informática já temos mas para pirataria de
música a única solução é baixar a quantidade de anos para licenciamento. Se
prendesse todos que usassem música e filmes piratas quem fecharia o cadeado
da cela?
Stallman mais uma vez está na frente e nós caminhando em passos lentos.

Marcus de Vasconcelos Diogo da Silva



|---------+------------------------------------------->
|         |           "Henrique Andrade"              |
|         |           <[EMAIL PROTECTED]>     |
|         |           Enviado Por:                    |
|         |           [EMAIL PROTECTED]|
|         |           relivre.org                     |
|         |                                           |
|         |                                           |
|         |           29/06/2006 23:30                |
|         |           Responder a Projeto Software    |
|         |           Livre BRASIL                    |
|         |                                           |
|---------+------------------------------------------->
  
>-----------------------------------------------------------------------------------------------|
  |                                                                             
                  |
  |        Para:    "Projeto Software Livre BRASIL" 
<psl-brasil@listas.softwarelivre.org>         |
  |        cc:                                                                  
                  |
  |        Assunto: Re: [PSL-Brasil] Paris - Richard Stallman compara movimento 
do software livre |
  |        com Revolução Francesa                                               
                  |
  
>-----------------------------------------------------------------------------------------------|





"Posso explicar software gratuito em três palavras: liberdade, igualdade e
fraternidade", disse, comparando o movimento ao lema da Revolução Francesa.


Alguém usou tradutor automático ou o jornalista não entendeu bem o espírito
da coisa?



2006/6/29, Ada Lemos <[EMAIL PROTECTED]>:

      Stallman sugere que franceses tomem as ruas contra lei de direitos
      autorais
      Por Peter Sayer, para o IDG Now!*
      Publicada em 29 de junho de 2006 às 19h12
      Atualizada em 29 de junho de 2006 às 20h03
      E-mail | Imprima | Erros? | a a a


      Paris - Richard Stallman compara movimento do software livre com
      Revolução Francesa e diz que protesto poderia impedir votação de lei,
      nesta sexta.


      O evangelista do software livre e presidente da Free Software
      Foundation Richard Stallman disse que a juventude francesa deveria
      protestar nas ruas contra o projeto de lei sobre direitos autorais
      que será votado na sexta-feira.

      A lei ameaça a liberdade dos jovens em assistir DVDs usando software
      livre, e foi formulada para fazer cidadões franceses se submeterem às
      vontades das empresas de mídia, disse ele, durante a palestra de
      abertura da conferência Capitale du Libre, em Paris.

      Perguntado sobre o que poderia parar a lei, Stallman respondeu
      prontamente: "Milhares de jovens franceses nas ruas".

      Na sexta-feira, tanto o Senado como a Assembléia Nacional votarão a
      lei, que permitirá que cidadões peçam a uma corte que ordene que
      companhias ofereçam informações sobre seus sistemas de proteções
      anticópias, mas não especifica se a divulgação pode ser feita sob um
      acordo sigiloso, explica o evangelista.

      "Se houver sigilo destas informações, então não seria possível
      desenvolver softwares livres usando estes dados", analisou.

      "Posso explicar software gratuito em três palavras: liberdade,
      igualdade e fraternidade", disse, comparando o movimento ao lema da
      Revolução Francesa.

      "Muitas pessoas dizem que sistemas de DRM são aceitáveis desde que
      funcionem em todas as máquinas. Está claro que esta não é a solução",
      declarou.

      "O simples fato de não ter uma aplicação para assistir DVDs pode ser
      considerado um grande obstáculo para o avanço do Linux. Se você fosse
      impedido de oferecer tal aplicação, então as pessoas não apreciariam
      a liberdade já que sua própria consciência se recusaria a usar Linux
      por causa disto".

      A relação entre a Apple e polêmica lei francesa, a ser votada nesta
      sexta-feira pelo Parlamento Francês, foi destaque desde o anúncio do
      projeto de lei. A empresa de Steve Jobs ameaçou desativar o serviço
      iTunes no país caso o projeto, que obrigaria a empresa a abrir o
      código do seu sistema de proteção, fosse aprovado.

      A tensão entre a companhia e o governo da França diminuiu quando uma
      versão mais leve da lei foi sugerida.

      Segundo a mais recente versão do projeto, a Apple poderia negociar
      com os artistas para que eles decidissem se as canções seriam
      vendidas ou não com sistema de proteção de cópias.


      *Peter Sayer é editor do IDG News Service, em Paris.
      E-mail | Imprima | Erros? | a a a
      IDG NOW! BUSCA:

      Buscar:


      _______________________________________________
      PSL-Brasil mailing list
      PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
      http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
      Regras da lista:
      http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil




_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a