Pessoal,

Na esteira da postagem pela Fabienne sobre mulheres e prêmios em TI da
Fundação Gnome, posto aqui esta( a seguir abaixo )matéria da
Computerworld parente da outra em causa.
Na verdade, mais explicações sobre a questão mulher e tecnologias, no
caso de telecomunicações.
Meio off topic...talvez..., entrementes....
Abs,
Ada

Mulheres engenheiras são alvo de empresa britânica A Openreach,
empresa britânica de telecomunicações, está em busca de mulheres com
formação em tecnologia para aumentar seus níveis de inovação e
criatividade.
Por COMPUTERWORLD
05 de julho de 2006 - 08h30


A Openreach, companhia pertencente ao grupo britânico de
telecomunicações British Telecom, lançou uma campanha na mídia apenas
para atrair mulheres engenheiras. O objetivo da empresa é expandir os
talentos e refletir de maneira mais real o publico que atende.
A iniciativa inclui anúncios de recrutamento que visam essas
profissionais, oferecendo horário de trabalho atraente para quem tem
filhos e para aquelas que querem atender aos chamados de suas casas.
Segundo a empresa, a estratégia visa a reduzir a cultura machista
existente em áreas como a de tecnologia.
A Openreach foi criada há cinco meses e conta com um grupo de 25 mil
engenheiros da British Telecom responsáveis pelas "últimas milhas" da
rede da empresa. Atualmente apenas 3% dos funcionários da Openreach
são mulheres. A meta é elevar esse índice para 10%, número geralmente
apresentado por empresas de utilities.

*****A decisão para atrair mais mulheres não surgiu pela falta de
conhecimento técnico dos funcionários homens, ""mas pela busca por
níveis mais altos de inovação e criatividade""". Além disso, a empresa
afirma que quer refletir em sua força de trabalho o público ao qual
atende, já que milhares dos clientes visitados diariamente pelos
engenheiros da companhia são do sexo feminino.

O programa da Openreach é um dos inúmeros esforços existentes hoje
para atrair mais mulheres para o mercado de TI. Há alguns anos, a
Accenture lançou a campanha "Melhores Empresas para as Mulheres" e
companhias como a HP, por exemplo, também lançaram programas para
incrementar o número de mulheres nas áreas de engenharia*****
James Niccolai, IDG News Service – Europa.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a