Companheiros(as),

As palavras escritas pelo Cléber revelam um conhecimento
superficial dos problemas e dificudlades de TI no governo
federal, revelam uma insensibilidade para a história e
motivações da existências das chamadas empresas públicas
de processamento de dados/informática/tecnologia da
informação.

Os problemas são graves em todas estas empresas públicas
e pedir que sejam eliminadas numa simples canetada revela
total descompromisso com a INFORMÁTICA PÚBLICA.

O Bresser fez isso quando passou para a iniciativa privada
a execução de serviços, sistemas e afins na área de TI.

O que estamos vendo agora é a profusão de operações que
desvelam as maracutais feitas anos e anos.

ERRA a Dataprev, na minha opinião, quando pensa em retomar
o controle de TI da Previdência pelas mãos da iniciativa
privada.

A questão da SEGURANÇA DA INFORMAÇAO aplicada a TI, MAIS
UMA VEZ, colocada de lado por pretensas qualidades
existentes na iniciativa privada e inexistentes ou não
aplicadas pelo setor público.

A visão/opinião do Cleber é o típico caso de que "...para
uma dor de cabeça persistente, corta-se a cabeça..."

Mas bem que as questões da INFORMÁTICA PÚBLICA poderia
ser retomada pelos setores interessados.
A discussão aqui me fez reler um texto publicizado em
1991, no Rio de Janeiro... era só lutar e fazer o que
continha o texto... quinze anos foi muito tempo para que
o mesmo pudesse ser minimamente articulado e realizado.

A Dataprev não precisa "sobreviver" a DAtaprev precisa
mostrar a sua utilidade. mas se trabalhadores da propria
Dataprev pensarem o contrário a discussão deve ser mais
aprofundada.

[]s,

Evandro Oliveira
Brasília - DF

> Em Sáb, 2006-07-29 às 18:49 -0700, Flavio Santos escreveu:
>> Cleber, fiquei perplexo com sua exposição no PSL
>> Brasil.
>>
>> Sim, a Dataprev deve existir.
>>
>> Nao vou responder a tudo. Outros podem comlplementar.
>
> Concordo com o Flávio.
> Para quem nao conhece a recente-passada e triste história do
> neoliberalismo no Brasil e suas consequências trágicas, pode ter tido
> uma "introduçao" pelo texto do Flávio.
>
> Faltou citar também, que a DATAPREV tem o maior banco de dados(somando
> toda estrutura) abaixo da linha do Equador.
> Claro que existem muitos interesses tentando se apropriar deste
> patrimônio e do conteúdo valioso destes dados.
>
> A DATAPREV precisa sobreviver...ser reestruturada.
> O Brasil precisa da DATAPREV!
>
> marcelo
>
>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a