On Friday 11 August 2006 15:45, Pablo Sánchez escreveu:

> Ricardo, quando vcs adquiriram a solução, qto custou?

Nâo me lembro do valor, creio que foi uma troca entre as entidades, senão me 
engano foi feito um acordo.

De qualquer forma a tabela de valores oficial pode ser vista em:
http://www.correios.com.br/servicos/precos_tarifas/nacionais/dne/licenciamento_master.cfm

[] Filipo

>
> Em 11/08/06, Ricardo Filipo <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > Caros,
> >
> > Há poucos meses, quando eu estava trabalhando no governo do Rio, foi
> > desenvolvido um software de contribuintes do estado, que salvava os dados
> > dos
> > cidadãos num postgreSQL. A nossa primeira solução era consultar a base
> > dos correios a partir de um cliente web, buscando os ceps de cada
> > logradouro, filtrando automaticamente o html recebido, retirando o dado
> > (CEP) obtido e salvando no postgres.  Mas, por razões éticas, o
> > departamento em que eu trabalhava optou por comprar a base de dados dos
> > correios.
> >
> > Fica, portanto, a dica de que é possível e ao meu ver totalmente legal,
> > fazer
> > este "puxador" da base de CEP, mas que a boa política indica a compra da
> > base. Vale lembrar, entretanto, a frase que existe no software disponível
> > na
> > web dos correios:
> > --------------------------------------------------------------------
> > Busca CEP - Localidade / Logradouro
> >
> > O uso deste aplicativo é restrito a consultas individuais de CEP,
> > destinadas a
> > endereçamentos de objetos de correspondências a serem postadas nos
> > Correios.
> > Para outras finalidades consulte o Diretório Nacional de Endereços - DNE.
> > --------------------------------------------------------------------
> >
> > Um abraço!
> >
> > Ricard Filipo
> >
> > On Friday 11 August 2006 14:45, Pablo Sánchez escreveu:
> > > A questão aqui é: quem é o proprietário da relação de CEPs? Não é o
> > > povo brasileiro? Precisa pagar por isso, ainda mais? Como se destacou,
> > > realmente, já se paga muito imposto, e paga-se pelos serviços do
> > > Correio toda a vez que se utiliza deles.
> > >
> > > Mas no caso aqui, não se proíbe o uso da informação CEPs. O que não se
> > > permite, é o acesso e reditribuição de um trabalho compilado pelos
> > > Correios. Já vi bastante software incluir o recurso de pesquisa de
> >
> > endereço
> >
> > > por CEP, e não me lembro de ter visto alguma menção ao fato da relação
> >
> > de
> >
> > > CEPs ser de propriedade do Correio, e não poder ser usado...
> > >
> > > Em 11/08/06, Ricardo L. A. Banffy <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > > > Pablo Sánchez wrote:
> > > > > 2 - Não fornecer os fontes
> > > >
> > > > Erm... Fontes do que? Um arquivo em formato CSV? Do programa de
> >
> > acesso?
> >
> > > > >     Concordo com o Olival: Livre? Grátis, eu entendi, mas livre?
> >
> > quer
> >
> > > > >     dizer, cada um vai, modifica seu CEP, repassa ele para os
> > > > > amigos
> >
> > e
> >
> > > > >     nunca mais recebe correspondência? Se for apenas livre de
> > > > > acesso
> >
> > à
> >
> > > > >     informação, você pode ir a qualquer agência e consultar a
> > > > > versão impressa lá. Ela não é para vc levar para casa, pois é
> >
> > patrimônio
> >
> > > > >     governamental. Essa versão impressa da agência, fica lá, como
> > > > >     serviço de utilidade pública.
> > > >
> > > > livre aqui quer dizer que não exista restrição a como você vai sar a
> > > > informação - se vai usá-la em casa, se vai republicá-la, se vai
> > > > usá-la para direcionar bombas... Não importa.
> > > >
> > > > >     O cabecinha, o cabecinha... vc quer grátis, vc não quer livre.
> > > > >     Porque se soubesse o que é liberdade, veria que o acesso  à
> > > > >     informação é livre. Entre numa agência e veja a informação.
> >
> > Entre
> >
> > > > > no site, e veja a informação. Pagou por isso? Não. Isso me cheira
> >
> > mais
> >
> > > > > a queixa de quem quer distribuir uma aplicação  com recurso de
> > > > > busca
> >
> > de
> >
> > > > > endereço por CEP, mas não quer gastar dinheiro.
> > > >
> > > > Puxa... Já gastamos com impostos. E, se os correios simplesmente
> > > > derem os dados mas, na licença deles, impedir você de usá-los em um
> > > > programa com busca de endereços, livre ele não é.
> > > >
> > > > Uma forma simples dos correios resolverem o seu (do Pablo) dilema é a
> > > > licença dupla - você quer fazer algo proprietário, pague a licença
> > > > proprietária, se quiser fazer algo livre, pode usar.
> > > >
> > > >
> > > > _______________________________________________
> > > > PSL-Brasil mailing list
> > > > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > > > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > > > Regras da lista:
> >
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
> > --
> > Cordialmente,
> > Ricardo Filipo
> > [EMAIL PROTECTED]
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

-- 
Cordialmente,
Ricardo Filipo
[EMAIL PROTECTED]

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a