Eles não perdem nada quando alguém copia e utiliza dados já compilados.
A sociedade ganha.


Infelizmente não é tão simples assim. Acho que vez ou outra desandamos aqui expor somente nossos "achismos" e nada de concreto sai disso.

Meu pensamento é o seguinte:

1- Acredito que a base de dados dos Ceps não é algo estático, portanto necessita de manutenção e isso representa custos?
2- Razoável seria acionar os Correios de alguma maneira formal para solicitar informações sobre o assunto em questão, inclusive os custos de manutenção. Isso poderia ser feito por alguma instituição formalmente estabelecida ou mesmo empresa que sinta-se prejudicada por essa prática da estatal.
3- Caso ficasse claro que há abuso por parte dos Correios, dar incício a alguma ação legal visando a corrigir a situação.

Isso sim seria contrutivo, relevante e eficaz. Afinal seria bem melhor ter acesso a esses informações de forma mais aberta e sem maiores custos. Resta-nos saber se é viável, sustentável.

Uma possibilidade interessante para o consumo dessa informação (base de CEPs) poderia se dar através da disponibilização pelos Correios da consulta às bases via webservices, de forma gratúita para uso individual ou sem fins lucrativos e paga para uso comercial por exemplo. Dessa forma qualquer um poderia incluir a consulta em sua aplicação e todo mundo ficaria feliz.

Um abraço,

ASF
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a