Em 13/08/2006, às 15:37, Ada Lemos escreveu:

Feliz resto de dias dos pais pra vc Olival

Tnxs!

específicos nesta história de sustar as compras M$ pelo CENIN, onde
Olival trabalha.Mas, esta é uma conversa pra depois, num outro momento

Só um esclarecimento: do jeito q foi colocado, dá a impressão de q o Cenin é um órgão super-poderoso e independente da Câmara (como o Prodasen é - em vários níveis - do Senado), com poder para decidir e tocar compras da maneira que desejar. Na verdade, o Cenin é um departamento que fica sob a Diretoria Administrativa, a qual fica subordinada à Diretoria-Geral, a qual se subordina à Mesa Diretora da Câmara (e, mais especificamente, à Primeira-Secretaria, esta presidida por um deputado). O q é decidido no Cenin, em termos de compra, tem de passar pelo crivo de inúmeros outros departamentos e, no final das contas, a autorização definitiva sai dos escalões mais elevados. Da mesma forma, a demanda por softwares de prateleira vem da própria Casa, não das entranhas do Cenin.

Assim, a compra de MS Office é da Câmara *mesmo*, não "apenas" do Cenin, onde hj eu trabalho na infra-estrutura dando suporte ao cluster squid/zope/plone sobre gnu/linux.

[ ]s,

OJr._______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a