Eu acho esta discursão muito legal pois com o BrO você pode levar o
problema e a solução, no outro você só pode reclamar e chorar.
No outro existem muitas vunerabilidades já reportadas muito antigas por
sinal mas a Microsoft não faz muito. Na verdade de vez enquando ela lança
umas correções que nunca são suficientes. É como se a arquitetura fechada
fosse tão complexa que o modelo organizacional de software fechado não
permitisse soluções lógicas de correção de problemas. Em um software aberto
as pessoas podem mostrar os problemas e soluções para corrigir o software
na mesma hora.

Marcus de Vasconcelos Diogo da Silva
SENAI CETAFR
fone(085) 32153026


Eles falam basicamente de malware nos documentos dos pacotes de
escritório, então não necessariamente a questão está em falhas de
implementação, mas sim em problemas na arquitetura do produto mesmo.
Por outro lado, essa preocupação pode indicar (mais do q a ação de
algum lobby proprietário) q a adoção do OOo está crescendo . . .

[ ]s,

OJr.

Em 14/08/2006, às 08:07, Pablo Sánchez escreveu:

> Sem querer ser chato, mas observe: seria esse comitê formado capaz
> de analisar o MS Office no mesmo nível que analisou o OO, dado não
> haver acesso ao fonte? E poderia ele ter contribuído no
> desenvolvimento?
>
> Onde vc vê um risco, eu estou vendo uma ótima oportunidade de
> reforçar as qualidades do SL sobre o SP.
>
> 2006/8/13, Olival Gomes Barboza Junior <[EMAIL PROTECTED]>:
> Aos colegas do BrOffice.org e já antevendo a inundação de gente q vai
> me perguntar sobre o assunto amanhã: esse papo abaixo é pra valer?
> Qual o nível real de vulnerabilidade do OO.o?
>
> "InfoWorldMike writes "IDG News Service's Robert McMillan reports
> that researchers at French Ministry of Defense say vulnerabilities
> with open source office suite OpenOffice.org may rival those of
> Microsoft's version. With Microsoft's Office suite now being targeted
> by hackers, researchers at the French Ministry of Defense say users
> of the OpenOffice.org software may be at even greater risk from
> computer viruses. "The general security of OpenOffice is
> insufficient," the researchers wrote in a paper entitled In-depth
> analysis of the viral threats with OpenOffice.org documents. "This
> suite is up to now still vulnerable to many potential malware
> attacks," they wrote. The OpenOffice.org team has already fixed a
> software bug discovered by the researchers, and the two groups are in
> discussions about how to improve the overall security of the
> software. "The one real flaw in the programming logic has been
> fixed," said Louis Suarez-Potts, an OpenOffice.org community manager.
> "The others are theoretical.""" (fonte: Slashdot.org)
>
> [ ]s,
>
> Olival Jr._______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/
> RegrasDaListaPSLBrasil
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/
> RegrasDaListaPSLBrasil






_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a