Infelizmente é possível que sim.

Talvez o mesmo tipo de motivação ou maneira de produzir soluções em TI em empresas públicas ainda leva os Correios a adotar como plataforma de desenvolvimento para web coisas como Cold Fusion, o Serpro a utilizar Lotus Notes para desenvolver aplicações transacionais, e por aí vai.

Talvez uma questão de mentalidade, informação (ou falta dela)? Ou ainda uma questão financeira? Ou quem sabe um pouco de cada.

Mas acho que fui bastante claro no post anterior, onde sugeri ou especulei sobre o uso de webservices ( http://pt.wikipedia.org/wiki/WebServices).

Abraço,

ASF

On 8/12/06, Alexandre Oliva <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
On Aug 11, 2006, Ricardo Filipo < [EMAIL PROTECTED]> wrote:

> A nossa primeira solução era consultar a base dos
> correios a partir de um cliente web, buscando os ceps de cada logradouro,
> filtrando automaticamente o html recebido, retirando o dado (CEP) obtido e
> salvando no postgres.

Foi por isso que os Correios depois mudaram a aplicação de busca para
exigir um Flash player no browser? ;-)  :-(

--
Alexandre Oliva         http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/
Secretary for FSF Latin America        http://www.fsfla.org/
Red Hat Compiler Engineer   [EMAIL PROTECTED]redhat.com, gcc.gnu.org}
Free Software Evangelist  [EMAIL PROTECTED]lsd.ic.unicamp.br , gnu.org}
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a