Alexandre Oliva escreveu:
On Aug 17, 2006, Rafael Evangelista <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
o que estava acima eu concordo. design tem a coisa de ter sido projetado q "por natureza" não tem. mas no "por natureza" tem uma coisa q eu gosto que é a alusão ao fato de aquilo ser intrínseco, impossível de ser retirado, é o "nasceu torto morre torto" :)
Agora, linguisticamente neutro? Para a linguística (pelo menos a
corrente que estudei) isso não existe.

Certamente existe: um termo inventado, por exemplo, que traga palavras
das várias línguas envolvidas à mente mas que não seja favorável a
nenhuma delas, é uma forma de ser neutro.
se for um termo inventado sim. mas a partir do momento que ele estabelece relação com outras línguas nunca será neutro. a palavra, tendo história, nunca é neutra.
  Outra é encontrar um termo
bom que seja igual nas várias línguas.
então, é isso, igual nunca vai ser.
  Outra ainda é recorrer a outra
língua equidistante das línguas envolvidas.

e não entendi bem o motivo, pq neutro?

A idéia é não favorecer nenhuma das línguas relevantes para não pisar
no calo de ninguém.

Tipo assim, se o nome da campanha for em espanhol, podemos incomodar
os brasileiros; se for em português, pode incomodar, sei lá,
argentinos.

Daí o desejo de neutralidade.
Entendi, minha dúvida foi por causa da palavra neutralidade, que acho q não usaria para o efeito que você quer.

Em uma campanha dessas, que é política, acho que não vale perder muito tempo nessa busca não. Vc sempre vai incomodar alguém, o lance é fazer as opções. ou vcs vão acabar ficando com o termo em inglês...

[]
rafael


--
Usuário Linux #352107
Jabber/Gtalk: [EMAIL PROTECTED]
Openwengo: r_evangelista
http://libdigi.unicamp.br/document/?code=vtls000349663

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a