Tem umas coisas meio perigosas nesse texto...

Ada Lemos wrote:
Para ele, a única forma de se evitar a criminalidade na internet é
punir os crimes imediatamente após constatados. "A única forma é punir
os crimes assim que eles ocorrem para desestimular a incidência de
mais crimes".


Quem "constata" um crime?

Pelo menos dá tempo do fulano de quem constataram a má conduta de se defender, despedir dos amigos, da família ou é pra ser uma coisa assim, meio sumária, sem perda de tempo, já que teríamos a evidência incontestável dos logs?

Para ele, a melhor solução para o problema envolvendo o Ministério
Público e o Google seria que a empresa norte-americana liberasse os
dados de seus participantes. "Se houvesse um acordo para que eles
abrissem esses dados, no sentido de permitir a investigação de quem
são os responsáveis por isso, tudo seria mais fácil", afirma.

De novo, querendo trocar anonimato e privacidade por sei-lá-o-que. Quem iria decidir que dados são abertos? Quando? Eu preciso comer criancinhas ou basta postar um elogio nos scraps da mulher do juiz?

Respeito ao Demi Getschko à parte, é preciso tomar muito mais cuidado com o que se fala para jornalistas e um pouco de bom-senso sobre para quem perguntar coisas da parte dos próprios jornalistas.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a