On Sat, Sep 02, 2006 at 04:07:23PM -0300, Alexandre Oliva wrote:
> On Sep  2, 2006, Tiago Bortoletto Vaz <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> 
> > A linha pode ser traçada, a partir do senso comum do que seja realmente
> > aberração.
> 
> Esse senso comum seria um bom argumento se existisse nesse caso.

Então pensamos diferente mesmo. Pra mim senso comum nesse caso existe e
poderia ser provado com (1) explicar pra X^100 pessoas o que significa
pedofilia. (2) Mostrar aquelas imagens medonhas e depois questionar se
aquilo se encaixa no que se foi colocado como pedofilia. Questionar se
aquilo é natural para seus valores. Depois disso mostrar o que se passa
no Orkut. E depois questionar se o MP está ou não com razão nesse caso.
Se mais de ~99% respondessem que está, pra mim é um senso comum. Simples.
Uma questão extra seria perguntar se *nesse* caso alguém sentiu que sua
liberdade de expressão está sendo colocada em jogo. Mas o senso comum
não precisa ser provado, justamente porque não há como refutar isso. É
senso comum :)
 
> Mesmo que sua opinião seja compartilhada com tantos outros na
> sociedade em que nós vivemos, nossa sociedade tem um sistema de
> valores que não necessariamente corresponde ao de outras sociedades.

Eu tô falando da nossa sociedade. Talvez haja outras que traumatizar
crianças seja legal, nos dois sentidos. Aí não existiria o tal senso
comum, como falei. 
 
> Querer impor sua opinião sobre o que é aceitável e o que é aberração,
> chamando-a de senso comum por causa de uma percepção limitada, é

Eu não vejo como percepção limitada. Pra mim a opinião de algo próximo
de 100% numa sociedade tem seu valor, tem sua bagagem cultural, algo que
foi construído de alguma forma, em muito tempo.

> exatamente o que leva à intolerância que recai nos conflitos armados
> no oriente médio, só para citar um exemplo.  Por certo há mais que
> questões religiosas por detrás desses conflitos: razões políticas e
> interesses privados os fomentam talvez com ainda mais força, mas no
> caso MP x Google também há razões políticas e interesses privados.
> 
> - Respeito ao próximo e também ao distante,
> 
> - Tolerância às diferenças, mesmo às que pareçam aberrações,

(aí que sua lógica não se encaixa nesse caso, IMO)
 
> - Liberdade para expor e discutir as diferenças,
> 
> Sem isso fica complicado viver numa sociedade global.  Atos de `senso
> comum' chegam ao outro lado como agressões, e aí a coisa toda desanda.

Eu concordo Oliva, mas já disse que não penso sobre esse assunto como um
universo matemático. São grupos diferentes, que devem ser tratados de
formas diferentes. Existem aberrações numa sociedade, que não devem ser
acorbertadas de forma alguma. Se acorbertar uma aberração como essa para
prevenir a possibilidade remota de um dia ter um precedente de repressão
a outras opiniões é o argumento que está sendo usado, estou em completo
desacordo.
 
> > Como o Marcelo apontou muito bem, estamos lidando com fatos, e não
> > com um universo de variáveis que podem ser colocadas no mesmo
> > escopo.
> 
> Embora haja os fatos, a questão sob disputa não são os fatos, mas os
> valores por trás deles.  É isso que torna a coisa tão complicada e as
> opiniões tão polarizadas, com os vários lados certos de que estejam
> certos :-)  A diferença não está nos fatos, nem na percepção, mas no
> sistema de valores de cada um.

Sim, e é aí que a discussão dificilmente avança :) Eu entendo seu
argumento, não vejo inconsistência na sua lógica, mas pra mim ela não se
aplica nesse caso. É como se fosse um problema sem solução exata, onde
eu usaria uma curva aproximada pra chegar num equilíbrio razoável.

Agora me tira uma dúvida. Não existe aberração? Se aberração é algo que
não pode ser considerado aberração 'somente' pelo fato de uma sociedade
considerar aberração, o que mais provaria que algo é uma aberração?

abraços,

-- 
Tiago Bortoletto Vaz
http://tiagovaz.org
0xA504FECA - http://pgp.mit.edu

"É preciso não ter medo,
é preciso ter a coragem de dizer."

Rondó da Liberdade, Carlos Marighella

Attachment: signature.asc
Description: Digital signature

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a