As pessoas que querem construir open source, e até outras idéias tem todo o
direito, mas nós também temos o direito de querer construir nossas idéias.

este comentário é bastante interessante. quem é do software proprietário também diz isto, não acha? para fazer revolução, vocês possuem o direito, desde que ninguém "se rebele" contra vocês. estranho...

Não digo que em alguns momentos não devemos trocar idéias com a galera que
tem divergência com o software livre, mas não dá... toda vez tem gente
confundindo as coisas... chamando a gente de infantil, dizendo que a
gente quer
fazer guerra santa... ou coisa do tipo...

e é assim que acontece. falar de software livre, da forma que é falado, é guerra santa: ou está comigo ou vou destruí-lo.


Tem gente aqui querendo sempre nos convencer de que o software livre não é
assim, que não podemos ser assim, etc e tal....

Mas, qual é o problema afinal?

 trazendo o trecho inicial do e-mail para cá:

Essa lista ta confusa e muita gente entra e pouco ajuda, as vezes por falta de
tempo, por falta de compreenssão, as vezes porque não concorda com as idéias
do software livre, enfim...

 [...]

Acho que devemos construir uma grupo (e até outra lista) onde os membros sejam
100% GPL.

eu vejo dois problemas:
1) não aceitar o diferente, não aceitar que há grupos heterogêneos na sociedade. não estou falando de software proprietário.
2) criar uma comunidade [puramente hacker] auto-contida, que não vê o mundo lá fora.

--
Alan Kelon Oliveira de Moraes -- http://kelon.org/blog
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a